×

TIPO EM SUA PESQUISA E PRESSIONE ENTER

Carregando...
Guias Secretos O Que Fazer

Também tens saudades destas 10 atrações em Lisboa?

Valter Leandro Valter Leandro - Editor

Também tens saudades destas 10 atrações em Lisboa?

Foi difícil chegar a um top 10 dos sítios que temos mais saudades, mas com algum “esforço” lá conseguimos! Concordas com todos? 😍🥰

Lisboa é uma cidade tão grande, com tanta coisa para visitar e conhecer que, escrever este artigo foi mais difícil do que pensávamos. Afinal, não há nada na cidade que não mereça toda a nossa atenção, não é?

Recheada de atrações espetaculares, depois dos intensos confinamentos foi bom voltar a “pisar” Lisboa como antes, palmilhar a cidade, de uma ponta à outra, como se fosse a primeira vez.

Os locais que escolhemos não têm ordem de preferência porque, como sempre dizemos, gostamos de Lisboa por inteiro. Mas atenção, este artigo pode provocar muitas saudades e algum choro. Confessamos que ficámos com os olhos bem humedecidos.

1 – O Mosteiro do Jerónimos

As obras do Mosteiro dos Jerónimos começaram no ano de 1501 e terminaram quase um século depois. O pedido para construção deste monumento de D. Manuel à Santa Sé foi efetuado em 1496.

Também conhecido como Mosteiro de Santa Maria de Belém, o Mosteiro dos Jerónimos só foi declarado Monumento Nacional em 1907, considerado desde esta altura como um edifício de interesse nacional no que respeita à proteção e valorização.

Sabias que poderá ter sido no Mosteiro dos Jerónimos a descoberta da receita dos conhecidos – e muito famosos –  Pastéis de Belém?

Sabe mais sobre esta e outras curiosidades deste monumento único na cidade.
@Pixabay

2 – Elevador de Santa Justa

O que seria de Lisboa sem os seus elevadores e ascensores? E entre os elevadores e ascensores que ainda hoje funcionam na cidade há um que é, definitivamente, o ex-libris da cidade: o Elevador de Santa Justa.

O Elevador de Santa Justa possui 45 metros de altura e é um trabalho do engenheiro português (de origem francesa) Raoul Mesnier de Ponsard, que foi discípulo de Gustave Eiffel, o engenheiro responsável pela Torre Eiffel em Paris.

Por ligar a Rua do Ouro, na Baixa Lisboeta, ao Largo do Carmo, os lisboetas rapidamente começaram a apelidar o Elevador de Santa Justa como Elevador do Carmo, talvez pela associação das ruas ser mais facilmente percetível para todos, incluindo para explicar aos turistas como ir de uma rua à outra, através deste meio de transporte.

Mas há muito mais para descobrires sobre este local icónico na cidade. Conhece aqui outras curiosidades.
@Pixabay

3 – Castelo de São Jorge

O Castelo de São Jorge é um dos locais que podes apreciar a partir do Elevador de Santa Justa. É um dos monumentos mais importantes e antigos da cidade, já que as suas origens remontam ao século XI.

Este castelo conta um pouco sobre a história da cidade e até do próprio país, mas só entre 1938 e 1940 é que o mesmo sofreu profundas obras de requalificação, a partir das fundações da fortaleza original.

Portanto, quem hoje visita o Castelo visita uma obra da época medieval no que diz respeito à estrutura e à aparência, mas a fortificação tem, na verdade, uns escassos 80 anos.

Existem aqui outras curiosidades que podes descobrir sobre o Castelo de São Jorge.
@the-lopes-photography

4 – Torre de Belém

E por falar em monumentos fortificados, a Torre de Belém é, sem dúvida, um dos preferidos de todos os lisboetas, e também de quem nos visita.

Perto da Torre de Belém há muitas coisas para descobrir, mas o próprio monumento em si já é um dia bem passado. Cinco séculos depois de construída ainda guarda segredos que vale a pena conhecer. Por exemplo, sabias que além de posto de defesa, também foi masmorra e farol? E conheces a história do seu rinoceronte?

É sem dúvida uma das torres mais bonitas em todo o mundo, uma joia da arquitetura manuelina, com vários elementos decorativos associados aos Descobrimentos, como as armas reais, as cordas, a esfera armilar ou a Cruz da ordem de Cristo.

Descobre mais sobre a sua história neste nosso artigo dedicado a este monumento.
@Pixabay

5 – Padrão dos Descobrimentos

Relativamente perto da Torre de Belém fica o Padrão dos Descobrimentos, o expoente máximo da nossa história além-mar, nos Descobrimentos.

O Padrão dos Descobrimentos evoca a expansão ultramarina portuguesa e o seu formato de caravela tem 56 metros de altura e 46 metros de comprimento.

Publicidade

É um dos mais bonitos e ornamentados monumentos da cidade, mas sabias que foi construído duas vezes? É incrível as histórias que desconhecemos de peças tão importantes para todos os portugueses. Conhece aqui a razão!

@paulo-victor

6 – Parque das Nações

Pode ser uma das zonas da cidade mais recentes, nasceu com a exposição mundial dos oceanos, a Expo 98, em 1998, mas é certo que já tem muito para mostrar.

Lembramo-nos logo, de cabeça, da arte urbana espalhada um pouco por todo o parque, e que vale a pena uma visita mais demorada.

Depois, claro, para pequenos e graúdos, há que visitar o Parque Ribeirinho do Oriente e também o Oceanário, um dos locais mais visitados em qualquer altura do ano.

Mas há mais locais! Conhece-os a todos aqui.
@Pixabay

7 – Os museus da cidade

Enquanto durou o confinamento, mostrámos-te como fazer visitas aos museus nacionais a partir de casa… e os internacionais também.

Agora, que já saímos do confinamento, podes voltar a visitar os melhores museus de Lisboa ao vivo e, claro, nós também temos os nossos preferidos: o Museu do Fado, o Museu do Azulejo, o MAAT e ainda todos aqueles que podes visitar em alguns dos monumentos que já aqui falámos.

Por exemplo, sabias que podes tocar numa barra de ouro verdadeira no Museu do Dinheiro?
@museudodinheiro

8 – As lojas com mais história da cidade

São muitas as lojas históricas que Lisboa já alberga há muitos anos. Por exemplo, a Caza das Vellas Loreto já cá anda há mais de 230 anos.

Existem muitas outras, que já por aqui demos a conhecer, pelo que esta é uma daquelas sugestões que deves mesmo ter em conta agora que estás livre para sair de casa.

Mais do que nunca, o comércio tradicional precisa de todos e, com certeza, uma simples visita a estes espaços vai deixar os seus proprietários felizes.

Seja para comprar bombons ou vinhos, comprar umas novas luvas ou renovar o stock de chapéus, ou até saborear umaginjinha de Lisboa, temos a certeza que nestes locais todos são bem recebidos.

@lojascomhistoria_lisboa

9 – A arte que não se paga

Lisboa é um museu ao ar livre, não só pelo património riquíssimo que podes ver pelas ruas e praças da cidade, mas porque nas suas paredes estão “inscritas” verdadeiras obras de arte, ao que mais comumente chamamos de street art.

Algumas das paredes e murais mais criativos do mundo podem ser vistos um pouco por toda a cidade, grátis, à vista de todos.

E este, garantimos-te, é um passeio que vais querer fazer assim que possível. E o vídeo que aqui te apresentamos é apenas uma amostra do que poderás ver e apreciar.

10 – Bairros e ruas de Lisboa

Os monumentos são muito bonitos e importantes, mas para nós, Lisboa são as ruas e as pessoas que as habitam. 

Até podes consultar aqui quais são os melhores bairros da nossa cidade, cada um com as suas próprias características únicas, mas Lisboa é um só bairro. É a nossa cidade!

Claro que adoramos passear pelas ruas e ruazinhas de Alfama, pela típicaMouraria, pelo modernoChiado e por Alvalade, que até foi considerado um dos 40 bairros mais cool do mundo, mas uma coisa temos como certa: Lisboa é um todo que vale a pena conhecer todos os dias.

@claudio-schwarz-purzlbaum

E na Lisboa Secreta vamos fazer de tudo para a mostrar todos os dias!