×

TIPO EM SUA PESQUISA E PRESSIONE ENTER

Carregando...
Guias Secretos O Que Fazer

Largo do Carmo, um dos mais famosos da cidade de Lisboa, e do país

Valter Leandro Valter Leandro - Editor

Largo do Carmo, um dos mais famosos da cidade de Lisboa, e do país

O Largo do Carmo é sobejamente conhecido pelos eventos que mudaram a história do país, como a queda do regime ditatorial instaurado até 1974. ✊🌷

Fica em frente às Ruínas do Convento do Carmo, na zona do Chiado, um dos largos mais importantes e conhecidos da cidade de Lisboa.

Estamos a falar do icónico Largo do Carmo, também conhecido por ser o palco da revolução de abril de 1974, que pôs fim ao regime ditatorial de Marcelo Caetano, que se refugiou no quartel da Guarda Nacional Republicana (GNR) até finalmente se render, numa revolução dos cravos onde se diz nem sequer ter sido disparada uma bala.

Foto por @Jeanne Menjoulet

Não é um largo de grandes dimensões, quando comparado com outros na cidade, como é o caso do Largo de Camões, que fica ali perto, mas ainda assim poderás usufruir de alguns espaços espetaculares, como é o caso das Ruínas do Convento do Carmo, onde está instalado o Museu Arqueológico do Carmo, que hoje em dia pode ser visitada por todos.

Se passares por lá nos próximos dias, podes assistir a uma experiência imersiva espetacular, a Lisbon Legends, que é uma alucinante viagem aos mistérios e lendas da cidade. Sem dúvida, um espetáculo multimédia a não perder.

Foto por @Pexels
Foto por @ocubo

Restaurantes, bares e esplanadas… e um chafariz muito antigo

Se nunca foste ao Largo do Carmo, esta é a altura certa para o visitares. As vários restaurantes com esplanadas convidam a um almoço mais relaxado, ao mesmo tempo que podes apreciar a vida lisboeta que por aqui circula todos os dias.

No centro do largo vais poder apreciar os vários jacarandás, que nesta altura se enchem de core, assim como o Chafariz do Carmo, que começou a ser construído logo após o terramoto, em 1789, portanto, um dos mais antigos da cidade, abastecido pelo Aqueduto das Águas Livres através da galeria do Loreto.

Publicidade

Foto por @malincronico

Dentro dos restaurantes e bares que podes encontrar neste largo, há um que, não ficando mesmo nesta área fica logo ali atrás das ruínas do convento, num rooftop com uma vista espetacular para o Castelo de São Jorge e para a baixa lisboeta: o Topo Chiado, onde te podes deliciar com menus de hambúrgueres e pizzas deliciosos.

vistas e esplanada no TOPO Chiado
Foto por @topolisboa

Um palácio, uma igreja e o reconhecido elevador de Santa Justa

Perto do Largo do Carmo fica ainda um antigo palácio e uma igreja. O Palácio Valadares é um edifício de construção setecentista que já serviu muitos propósitos. Foi aqui que nasceu a Universidade de Lisboa.

Neste largo vais encontrar a Igreja da Ordem terceira de Nossa Senhora do Carmo, que muitas vezes passa despercebida por se assemelhar a um normal prédio de habitação.

Já entre o Convento do Carmo e o Palácio de Valadares vais poder encontrar o icónico Elevador de Santa Justa, que faz a ligação do Largo do Carmo à Baixa Pombalina, mais concretamente à Rua do Ouro, que depois dá acesso a uma das zonas mais comerciais da capital, como é o caso da Rua Augusta.

Foto por Valter Leandro
Foto por @julian-ibarra
Foto por @louis-droege

Há ainda uma curiosidade interessante sobre um dos moradores do Largo do Carmo. Fernando Pessoa alugou um quarto no número 18, entre 1908 e 1912.

Muito perto do Largo do Carmo fica o Chiado, onde podes visitar sítios imperdíveis.

Foto por @rubenmneves