×

TIPO EM SUA PESQUISA E PRESSIONE ENTER

Carregando...
Cultura Guias Secretos O Que Fazer

Elevadores e ascensores de Lisboa: do mais antigo ao mais fotografado

Nelson Rodrigues Nelson Rodrigues

ascensor da bica

Subir as colinas da cidade é mais fácil graças a estes três ascensores e um elevador, todos classificados como Monumento Nacional. 🚋

Mais de 100 anos depois de entrarem em funcionamento, lisboetas e turistas continuam a admirá-los e, certamente, Lisboa não seria a mesma sem eles, pois não?

Talvez já tenhas andado em todos, mas há histórias e curiosidades que provavelmente não conheces. Anda daí descobri-las!

Elevador de Santa Justa

Desde 10 de junho de 1902 que o Elevador de Santa Justa liga a Rua do Ouro, na Baixa Lisboeta, ao Largo do Carmo. Com 45 metros de altura, é um trabalho do engenheiro português (de origem francesa) Raoul Mesnier de Ponsard, discípulo de Gustave Eiffel.

No alto desta torre neogótica, construída em ferro fundido e decorada com elementos em filigrana, existe um miradouro com vistas incríveis para a cidade. Talvez inspirados pela Ponte das Artes, em Paris, foram muitos os apaixonados que aqui começaram a deixar os seus cadeados do amor.

Neste artigo desvendamos 10 segredos e curiosidades do Elevador de Santa Justa.
elevador santa justa
@malyulka

Ascensor da Glória

Da Praça dos Restauradores ao Bairro Alto (Miradouro de São Pedro de Alcântara), chega-se num instante graças a este elevador inaugurado em 1885, que sobe os 275 metros da Calçada da Glória (daí o seu nome).

Publicidade

Ao início, utilizava um contrapeso de água, depois passou a ser movido a vapor e desde 1915 que está eletrificado. Atualmente, transporta por ano cerca de 3 milhões de pessoas. Os fãs dos Rádio Macau (e não só) certamente que não esquecem a música “Elevador da Glória”, que fez sucesso nos anos 80.

ascensor da glória
@miguel_leal_costa

Ascensor da Bica

Descer do Largo do Calhariz à Rua de São Paulo (ou fazer o percurso inverso) é muito mais que uma mera viagem através da ingreme Rua da Bica de Duarte Belo. É toda uma experiência, e não só para turistas, que revela este bairro típico, com o Tejo em pano de fundo.

Inaugurado a 28 de junho de 1892, altura em que funcionava a vapor, este é provavelmente o ascensor mais fotografado de Lisboa. Se também gostas de captar boas imagens, aqui fica a dica: tenta apanhar o momento em que as duas carruagens se cruzam e, de certeza, que a tua foto vai ter mais umas dezenas de likes.

Sabe mais sobre um dos ascensores mais pitorescos e fotografados da cidade.
ascensor da bica
@josefmagalhaes

Ascensor do Lavra

Para o fim, guardámos o mais antigo ascensor em funcionamento de Lisboa e, provavelmente, o mais desconhecido. Inaugurado a 18 de abril de 1884, faz a ligação entre o Largo da Anunciada e a Rua Câmara Pestana, através da Calçada do Lavra. Lá no alto, deixa-te a dois passos do Jardim do Campo de Santana e do Jardim do Torel.

Também ele começou por utilizar um contrapeso de água, depois passou a ser movido a vapor e, finalmente, a eletricidade. E tal como os restantes ascensores e elevadores da época, tem assinatura de Raoul Mesnier de Ponsard.

Este é o ascensor mais antigo de Lisboa. Mas há mais segredos para descobrir aqui!
ascensor do lavra
@juliopereiramusic

Queres conhecer mais segredos de Lisboa? Então espreita aqui os nossos guias mais secretos!