×

TIPO EM SUA PESQUISA E PRESSIONE ENTER

Carregando...
O Que Fazer

As 50 melhores respostas ao desafio: “Diz que és de Lisboa, sem dizeres que és de Lisboa”

Valter Leandro Valter Leandro - Editor

As 50 melhores respostas ao desafio: “Diz que és de Lisboa, sem dizeres que és de Lisboa”

O desafio não era fácil, mas foi muito divertido ler todas as respostas. Estas foram, para nós, as mais engraçadas, entre mais de 1000. 🤩🥳

Há coisas que só mesmo quem vive em Lisboa conhece ou, quem muda para cá, aprende. Por isso, desafiámos os nossos seguidores nas redes sociais a responderem ao desafio: “Diz que és de Lisboa, sem dizeres que és de Lisboa”, e as respostas – mais de 1000 – não podiam ser mais reveladoras.

Estas foram as nossas 50 respostas favoritas. As restantes podes ler no post original e, claro, deixar a tua:

 

1 – “Alfacinha de gema.”
2 – “No castelo ponho o cotovelo…”
3 – “Ténis, não é sapatilhas! E para o almoço é dobrada, não é tripas.”
4 – “Rés vés campo de Ourique.”
5 – “Sempre na penda do 28.”

6 – “Ao fim-de-semana não posso visitar o resto de Portugal.”
7 – “Nascida na Mac.”
8 – “Um craveiro numa água furtada!”
9 – “Meter o Rossio na Rua da Betesga”
rua da betesga
@denisgiacobelis
10 – “Se estiver parado no trânsito e o carro da frente reagir ao sinal verde ao fim de 2 penosos segundos apito logo.”
11 – “Digo coeilho e vermeilho. Por vezes um ganda em vez de grande. Pichina também sai às vezes.”
12 – “Para onde o Cristo Rei está virado.”
13 – “Pertinho do cemitério dos Prazeres”
14 – “A EMEL bloqueou-me o carro.”
15 – “Comer uma bifana na Parreirinha, na Praça do Chile.”

Publicidade

16 – “Uma ginjinha no Rossio.”
17 – “Uma jola e uma sandes de torresmos sff.”
18 – “Tenho uma rede na varanda porque senão os pombos…”
19 – “A dois passos do Palácio da Ajuda.”
20 – “Vou levar estes sapatos que os outros entram nos intervalos da calçada.”
21 – “Os dois sítios em que passo mais tempo são o trabalho e os transportes.”
22 – “Duas pontes para a outra margem.”

23 – “Quem diz Onteontem (Anteontem) não engana de onde é.”
24 – “Esta cena e bué fatela, tás a ver?”
25 – “Anda lá anda, daqui a pouco levas uma cabeçada à Cais do Sodré.”
26 – “Cai o Carmo e a Trindade.”
27 – “Uma “bica” por favor.”
28 – “Este comboio não para em Arroios.”
29 – “Dê-me um tostãozinho para o Santo António.”
30 – “Vamos p’ra o Cais.”
31 – “Nasci na maior maternidade do país.”
32 – “Passei muita vez pelo “Senhor do Adeus”…e respondi sempre.”

33 – “Nunca uso piscas. Nem no shopping.”
34 – “Isso fica ali no Caxodré…”
35 – “Saudades de um café e um esquimó da Suíça.”
36 – “Estou farto da Capital.”
37 – “Cidade menina e moça!”
38 – “Eu vejo a marquise do CR7 todos os dias.”
39 – “A cidade das sete colinas.”
40 – “Os do norte chamam-me moura!”
41 – “Um nata e uma bica.”

42 – “Qual fino qual carapuça, sai mas é uma imperial bem gelada.”
43 – “Quem quer figos quem quer almoçar.”
44 – “Não papo grupos…”
45 – “Chapéus há muitos…”
46 – “Vou no 28.”
47 – “Vejo o Tejo todos os dias.”
48 – “A nha marcha é lindaaaaaaaaa!!!!!!!!!”
49 – “Facha’vôr.”
50 – “Vou pela Rotunda do Relógio.”

Conhece outros pequenos prazeres que só quem vive na cidade de Lisboa desfruta.