×

TIPO EM SUA PESQUISA E PRESSIONE ENTER

Carregando...
Guias Secretos O Que Fazer Viagens

Área Metropolitana de Lisboa: vai para fora cá dentro

By Valter Leandro

Área Metropolitana de Lisboa: vai para fora cá dentro

Vem conhecer o que de melhor a Área Metropolitana de Lisboa tem para oferecer: são 18 municípios cheios de atrações que valem a pena visitar.👌

Se estás por Lisboa no próximo fim de semana, é bem provável que voltes a não poder sair nem entrar para fora da Área Metropolitana de Lisboa, tendo em conta os números alarmantes de contágio por Covid-19 na área mais populosa do país.

Mas não podendo sair ou entrar nesta área delimitada não implica que fiques fechado em casa, certo? Por isso, fomos à procura de atrações em cada um dos 18 municípios que fazem parte da Área Metropolitana de Lisboa: Alcochete, Almada, Amadora, Barreiro, Cascais, Lisboa, Loures, Mafra, Moita, Montijo, Odivelas, Oeiras, Palmela, Seixal, Sesimbra, Setúbal, Sintra e Vila Franca de Xira.

Foto por @lxparapessoas

Acompanha-nos nesta viagem e diverte-te com os teus amigos ou familiares num fim de semana diferente dentro desta enorme Lisboa, que tem tanto para descobrir.

Alcochete

Esta terra à beira-Tejo tem muito mais para visitar do que pensas, das salinas às praias fluviais, passando por uma mão cheia de igrejas seculares.

Em Alcochete, a nossa primeira sugestão é praia, e a Praia dos Moinhos é um dos espaços mais procurados da vila nos dias de calor. Deve o nome aos moinhos de vento (já desativados) que existem junto ao areal e, nos últimos anos, passou a ser conhecida entre os praticantes dos desportos de vento, como o kitesurf.

O concelho de Alcochete tem ainda a Praia Fluvial do Samouco, onde existe um circuito pedonal, um parque infantil e uma zona de merendas.

Há mais para ver em Alcochete. Conhece aqui 10 locais fantásticos!
Foto por @alcochete

Almada

De barco, de comboio ou de carro, é um “pulinho” até Almada. Por lá, também há muito para conhecer, incluindo alguns segredos bem guardados.

Quase sempre com o Tejo no horizonte, o Cais do Ginjal é a nossa sugestão na margem sul do Tejo. Apesar de alguma degradação dos edifícios, não deixa de oferecer um dos mais belos passeios do concelho de Almada, sempre paralelo ao rio. Seja para fazer uma refeição ou tomar uma bebida, os restaurantes Atira-te ao Rio e Ponto Final são de paragem obrigatória.

Almada tem muito mais para descobrires. Conhece 20 sítios imperdíveis!
Foto por @johnjase

Amadora

A Amadora é outra das zonas de Lisboa com mais densidade populacional, mas no Parque das Artes e do Desporto há espaço e muita diversão para todos, pequenos e graúdos.

O novo parque tem uma extensão de 9 hectares, onde foram plantadas 1552 árvores, e além de todo o espaço verde, poderás encontrar 3 campos polidesportivos; 2 campos de ténis; 2 campos de padel; 1 campo de disc golf; um circuito de caminhada; um circuito de esculturas; equipamentos de diversão infantil; e equipamentos inclusivos.

Foto por @amadoramunicipio

Barreiro

Um dos municípios mais conhecidos da Área Metropolitana de Lisboa tem alguns locais de interesse que valem a pena uma visita mais demorada, mas como estamos no verão, talvez seja de praia que andes à procura.

A Praia da Alburrica, de areias finas e claras, é, por isso, a nossa melhor sugestão. Faz parte da nossa lista das 10 melhores praias fluviais perto de Lisboa e nela saltam à vista três moinhos tradicionais de vento, que testemunham o passado moageiro desta zona do Barreiro: o moinho de vento Gigante, o moinho de vento Nascente e o moinho de vento Poente.

Além de bastante limpa, está equipada com chuveiros, um circuito de manutenção, um campo de voleibol, uma aranha para as crianças brincarem e parque de estacionamento dos arredores.

Além desta praia, existem outros 7 locais de visita obrigatória no Barreiro.
Foto por @pipass36

Cascais

Em Cascais há muitos sítios imperdíveis para visitar e conhecer, esta é a nossa lista, mas há um que gostamos de repetir sempre que por lá passamos: a Casa das Histórias Paula Rego.

Desde 2009 que este edifício projetado pelo arquiteto Eduardo Souto de Moura dá a conhecer a vida e a obra da pintora Paula Rego. Além da exposição permanente, costuma receber várias mostras temporárias e atividades promovidas pelo serviço educativo.

Cascais é um mundo de surpresas. Estes 15 sítios comprovam isso mesmo!
Foto por @Casa das Histórias Paula Rego

Depois, claro, tens as famosas praias da linha de Cascais, como a do Tamariz (Estoril) a mais cosmopolita; a de Carcavelos, a mais concorrida; ou da Torre, a mais acolhedora.

praia de carcavelos
Foto por @zachary pearson

Lisboa

Bem, por Lisboa há muito com que te entreteres e, como sabes, no nosso site podes encontrar mil e uma ideias. 

Mas que tal, por exemplo, partir à aventura pelas ruas da cidade para, simplesmente, admirar tudo o que a cidade tem para oferecer ao ar livre, talvez aproveitar uma destas 20 experiências de arte urbana.

Loures

Loures não é propriamente um destino turístico óbvio, mas tem muito mais para descobrir do que pensas.

Neste nosso roteiro por Loures encontrámos 10 sítios que tens mesmo de visitar nesta localidade, mas passear pelo Parque Adão Barata, com mais de quatro hectares, é uma das coisas que mais gostamos de fazer.

É um dos mais agradáveis espaços verdes da cidade e, além de acolher a Galeria Municipal Vieira da Silva (no antigo Pavilhão de Macau da Expo 98), tem ainda dois parques infantis, zonas de merendas, um circuito de manutenção e um pavilhão polidesportivo.

Foto por @camara_municipal_loures

Mafra

Mafra é, sem dúvida, um dos nossos municípios preferidos perto de Lisboa. A prova está neste espetacular guia por esta localidade e também pela Ericeira, além, claro, do seu Palácio Nacional e Convento de Mafra e de uma das bibliotecas mais bonitas em todo o mundo.

Contudo, hoje deixamos-te com duas sugestões bem típicas: uma visita à Aldeia Típica José Franco e uma incursão até à Aldeia da Mata Pequena, ambas a cerca de 30 minutos de Lisboa. 

Mafra e Ericeira têm muito mais para descobrires. Espreita estes 10 spots. São fantásticos!

Moita

A pouco mais de meia hora de Lisboa, vale bem uma visita a dois ou em família. Dá uma vista de olhos ao nosso roteiro e marca já um passeio até à margem sul do Tejo.

Publicidade

Ponto fundamental para o desenvolvimento da vila, o Cais da Moita é hoje um dos postais ilustrados do concelho, com os seus barcos coloridos nas águas do Tejo. É daqui que, agora, partem as viagens turísticas a bordo do varino “O Boa Viagem”.

De certeza que conheces a Moita assim tão bem? Confere se já foste a algum destes locais!
Foto por @municipiomoita

Montijo

A história deste município está intimamente ligada ao rio Tejo, como aliás algumas das localidades aqui apresentadas.

Assim que atravessas a Ponte Vasco da Gama e chega ao Montijo, vais dar de caras com uma localidade moderna e dinâmica, cheia de coisas para conheceres, como é o caso do seu vasto património natural, por onde se estendem a Frente Ribeirinha e o Parque Municipal.

Foto por @municipiodomontijo

Odivelas

Odivelas reúne um vasto património histórico-cultural, com oportunidades para conhecer monumentos, como o Mosteiro de São Dinis e São Bernardo, igrejas, moinhos, o aqueduto, as fontes de Caneças e, claro, a famosa Marmelada branca de Odivelas.

Foto por @Câmara Municipal de Odivelas

Oeiras

Ainda havemos de criar um roteiro de sítios para conhecer e visitar em Oeiras, visto ser uma das zonas com mais atividades da Área Metropolitana de Lisboa.

Oeiras é rica em história e também ela fica situada numa frente ribeirinha do estuário do Tejo, desculpa mais do que perfeita para aproveitar as suas longas marginais, seja para fazer exercício como para passear com a família e amigos.

E claro, não deixes de visitar um dos nossos jardins preferidos: o Parque dos Poetas.

Foto por @municipiodeoeiras

Palmela

O concelho de Palmela é o mais extenso da Área Metropolitana de Lisboa, localizando-se numa zona central da Península de Setúbal, entre três das mais importantes áreas protegidas nacionais: o Parque Natural da Arrábida; a Reserva Natural do Estuário do Sado; e a Reserva Natural do Estuário do Tejo.

A Serra da Arrábida e as praias que abundam por estes lados são, por isso, as nossas sugestões de visita. Por exemplo, aconselhamos uma ida até à Praia dos Galapinhos, considerada pelo The Guardian como um dos melhores areais da Europa, em 2019.

Foto por @Pemanuelp

Seixal

O concelho do Seixal é terra de pescadores e de quintas senhoriais com uma íntima ligação ao rio, pois era através deste que produtos como o peixe, cereais, sal, azeite, vinho, fruta e outras matérias-primas eram escoados para Lisboa e até exportados para fora do país.

No Seixal sugerimos uma visita ao Moinho de Corroios, edificado em 1403, por ordem de Nuno Álvares Pereira, dono da maior parte dos terrenos à volta do rio Coina, o afluente do Tejo que entra no Seixal.

Reconstruído após o terramoto de 1755, começou a perder importância nos anos 70 do século passado, mas a Câmara do Seixal transformou-o num ecomuseu que faz as delícias de visitantes de todas as idades. Hoje é um dos poucos exemplos de moinhos de maré (no mundo) a trabalhar para o público.

Sesimbra

Não há volta a dar: falar de Sesimbra é falar das suas espetaculares praias, como são exemplo a Praia da Ribeira do Cavalo, a mais “secreta”, ou a Praia do Meco, uma das mais famosas praias de nudistas, mas que também é frequentada por muitas famílias.

Por isso, sem mais demoras, aqui fica a nossa lista com as melhores e mais “secretas” praias de Sesimbra.

Queres conhecer mais sítios para visitar em Sesimbra? Conhece aqui 10 locais fantásticos!
Foto por @Patmar-24

Setúbal

Adoramos a cidade de Setúbal e, por estar tão perto de Lisboa, são muitas as vezes que atravessamos a ponte para a localidade que tem um pouco de tudo: mar e terra; natureza e ambiente urbano; e tradição aliada à modernidade.

Desta forma, além de aproveitarmos as praias que beijam a Serra da Arrábida, que ficam ali tão pertinho, Setúbal é um dos nossos sítios preferidos para comer peixe fresco e, claro, o famoso choco frito.

Mas como por vezes não dá muito jeito ir até Setúbal apenas para comer o verdadeiro choco frito (garantimos que vale a viagem), é numa pequena casa na Penha de França, Choco Frrito, que matamos saudades desta iguaria.

Queres saber mais sobre Setúbal? Estas são as nossas 10 atrações preferidas na cidade
restaurante choco frrito
Foto por @Choco Frrito

Sintra

Claro que temos o nosso próprio roteiro de Sintra, com 15 sítios imperdíveis e verdadeiramente mágicos. 

Aliás, toda a vila de Sintra é pura magia, cheia de segredos e com muitos sítios para visitar, durante muitos dias. Um dos nossos preferidos é o Palácio Nacional da Pena, que fica nos Parques de Sintra, todos eles de encantar.

Sintra é a vila mais romântica do país! E existem 15 locais de visita obrigatória!
Foto por @mark-lawson

Vila Franca de Xira

Em último, mas apenas porque esta lista está apresentada por ordem alfabética, vamos conhecer um pouco de Vila Franca de Xira, um concelho com características urbanas e rurais.

Por todo o concelho vais encontrar belos caminhos pedonais e zonas naturais, sempre com o Tejo por companhia, mas também palácios, edifícios de arquitetura moderna e, claro, os símbolos da cultura tauromáquica, além de muitas outras ideias, que podes encontrar neste roteiro.

A nossa sugestão vai, claro, para os “Passadiços do Tejo”, que ainda não têm nome oficial, mas toda a gente os trata desta forma.

Fazem parte de uma extensa rede de caminhos pedonais e cicláveis, com 5627 metros, composto por quatro percursos. O primeiro dá-te a conhecer o Parque Urbano, onde está o núcleo museológico “A Póvoa e o Rio”, uma cafetaria e um parque infantil.

Já o Parque Linear Ribeirinho/Trilho do Tejo, leva-te até à Praia dos Pescadores, no Forte da Casa, e às zonas envolventes, como o parque de merendas e o centro de interpretação ambiental. Além destes dois há ainda o Trilho do Forte da Casa e o Trilho da Verdelha.

A norte de Lisboa fica uma vila inesquecível. Com muitos lugares para conheceres!
Foto por @elsamagro