×

TIPO EM SUA PESQUISA E PRESSIONE ENTER

Carregando...
Guias Secretos O Que Fazer Viagens

8 locais de visita obrigatória no Barreiro

Valter Leandro Valter Leandro - Editor

8 locais de visita obrigatória no Barreiro

História, cultura e recursos naturais são apenas alguns dos motivos de interesse que vais encontrar do outro lado do Tejo, no Barreiro. 😍

Com uma localização privilegiada na margem sul do Tejo, o Barreiro é um concelho que se tem modernizado ao longo dos últimos anos, contribuindo para uma maior e melhor oferta de serviços à sua população e visitantes.

Possui uma extensa frente ribeirinha, onde podes passear e relaxar junto ao Tejo, além de outros pontos de interesse igualmente atrativos. Vamos conhecê-los nesta lista:

1 – Espaço Memória

Para conheceres melhor um dos 18 municípios da Área Metropolitana de Lisboa, tens primeiro de visitar o Espaço Memória, uma estrutura dedicada à divulgação do património histórico-cultural.

Inaugurado em 2014, no Espaço Memória vais encontrar vários acervos patrimoniais, artísticos e documentais, centrados nos temas da história e identidade do Barreiro. É ainda um importante centro de investigação, aberto a qualquer mente mais interessada deste local junto ao Tejo.

@municipiodobarreiro

2 – Frente Ribeirinha

Cada vez que visitamos o Barreiro esta zona está cada vez mais agradável e verde. Com espaços onde podes passear e relaxar, esta é uma das montras perfeitas para olhar para o outro lado, para Lisboa, talvez uma das melhores vistas para a cidade, de quem está na margem sul do Tejo.

Uma das mais recentes áreas de intervenção, na freguesia da Verderena, é superior a 39 mil m2, possui 579 árvores mediterrâneas; parque infantil; zona fitness; parque canino; mesas e bancos para merendas; e a continuação da ciclovia.

É ainda uma zona com vários restaurantes, perfeito para uma merecida pausa depois de uma caminhada, e não te esqueças de ir a uma pastelaria para provar as famosas Bolas de Manteiga.

@municipiodobarreiro

3 – Parque da Cidade

Com uma área de aproximadamente 89 mil m2, o Parque da Cidade abrange as freguesias de Alto Seixalinho, Santo André e Verderena, sendo um dos parques mais acessíveis à população graças à sua centralidade.

Possui, além de várias espécies arbóreas, uma zona de merendas, um parque infantil, pistas para skates e para bicicletas todo-o-terreno, quatro campos de ténis, paredes para escalada, cafetaria com esplanada e três parques de estacionamento.

Neste parque podes ainda conhecer várias esculturas e monumentos, junto ao Auditório Municipal Augusto Cabrita.

@municipiodobarreiro

4 – Praias fluviais

No Barreiro, ou lá perto, existem pelo menos quatro praias fluviais que valem a pena uma visita mais demorada, para um merecido mergulho de verão: Alburrica, Praia do Clube Naval/Bico do Mexilhoeiro, Praia da Barra a Barra e Praia de Copacabana.

Geralmente de areias brancas e águas calmas, é na altura do verão que têm uma maior afluência por parte dos veraneantes mais locais.

Publicidade

A nossa preferida é a Praia da Alburrica, não só porque possui um icónico conjunto de três moinhos de vento que marcam a sua paisagem, como porque dispõe de um parque infantil e de uma apoio de praia bastante agradável.

@pipass36

5 – Casa Museu Alfredo da Silva

Depois de um merecido banho nas águas do Barreiro, regressamos aos museus, mais precisamente à Casa Museu Alfredo da Silva, habitação que perpetua a memória do fundador da CUF – Companhia União Fabril .

Fica situada no Parque Empresarial Baía do Tejo, ou Quimiparque, e todas as visitas deverão ser agendadas por telefone.

@O Setubalense

6 – Museu Industrial da Baía do Tejo (Quimiparque)

Também por marcação prévia são as visitas ao Museu Industrial da Baía do Tejo, onde vais poder encontrar alguns dos antigos equipamentos e máquinas da antiga Companhia União Fabril (CUF).

Este museu foi criado pela Quimiparque, com a intenção de deixar para as gerações futuras o legado histórico do que foi um dos mais importantes complexos químico-industriais da Europa em meados do século XX. Reúne um espólio constituído por equipamentos industriais de índole diversa e um acervo documental e iconográfico considerável, representativo de áreas como a química, a têxtil, a metalomecânica, a produção de energia, a segurança e higiene industrial, os serviços sociais, etc.

@municipiodobarreiro

7 – Circuito de Arte Urbana

Não é só em Lisboa que encontras alguns dos melhores trabalhos de arte urbana do país e do mundo. No Barreiro existem dois percursos de arte urbana obrigatórios para quem é apaixonado por esta forma de expressão artística.

O primeiro tem uma extensão de 3 quilómetros e demora mais ou menos 1 hora a percorrer. Nesta opção vais encontrar trabalhos do famoso Vhils, Odheit ou Bordalo II.

No segundo percurso, mais pequeno e com uma estimativa de visita em apenas 30 minutos, vais poder visitar obras Vhils, Smile1art ou Tota (Ricardo Manso). Podes descarregar aqui os dois percursos.

@vhils

8 – Passeio no Varino Pestarola

Nos meses de verão não percas um passeio numa embarcação tradicional como o Varino Pestarola. Podes reservar o teu passeio no Posto de Turismo, com visitas através de vários circuitos: Ilha do Rato, Estuário do Tejo, Estuário de Coina e Ribeirinho.

Aproveita os dias mais quentes para embarcar nesta aventura única, numa experiência espetacular nas águas do Tejo.

@municipiodobarreiro

A Área Metropolitana de Lisboa tem muito para oferecer: são 18 municípios cheios de atrações que valem a pena visitar.