×

TIPO EM SUA PESQUISA E PRESSIONE ENTER

Carregando...

O melhor do lazer em 2021: 12 lugares “secretos” que descobrimos em Lisboa

Valter Leandro Valter Leandro - Editor

aldeia da mata pequena

Num ano como 2021, que nos trouxe a possibilidade de nos vacinarmos e proteger-nos melhor contra a Covid-19, conseguimos voltar a explorar a cidade para descobrir os lugares mais “secretos” de Lisboa.

O lado bom de viver numa cidade como Lisboa é a certeza de haver sempre um lugar que nunca tivemos a oportunidade de conhecer ou visitar. 

Em 2021 voltámos a vestir a pele de turistas e, como sempre, fomos à procura dos lugares mais “secretos” na cidade. E estes entraram diretamente na nossa lista de preferências:

1 – Aldeia Típica José Franco

À primeira vista, esta aldeia é como outras: tem um castelo, as casinhas brancas com listas azuis, um moinho e oficinas.

Mas na verdade, esta aldeia é uma recriação de uma aldeia típica portuguesa, e foi construída por José Franco nos anos 60. Podes saber mais sobre esta viagem no nosso artigo dedicado.

aldeia típica josé franco
Foto por @Vitor Oliveira

2 – Mural das Portas do Sol

A maioria das pessoas sobe até ao Largo das Portas do Sol para apreciar as vistas e os telhados cor de tijolo da cidade, mas poucos sabem que aqui perto se encontra um mural que conta a história de Lisboa… ou pelos menos as partes mais importantes. Podes ficar a conhecê-lo melhor neste artigo. 

3 – Casa do Alentejo

Quem passa perto do coliseu nem imagina que aquela fachada esconde um dos edifícios mais interessantes de Lisboa, a Casa do Alentejo.

Esta casa está onde antes era o Palácio Alverca, construído no século XVII, que foi oferecido oficialmente a todos os alentejanos (de nascimento ou coração) a partir de 1981 (já desde 1932 estava arrendado ao Grémio Alentejano).

Mas esta casa tem uma história bastante mais interessante.

Casa do Alentejo
@Casa do Alentejo

4 – Lagos e Fontes dos Jardins do Palácio de Queluz

Referência do barroco-rococó em Portugal, os jardins do Palácio Nacional de Queluz estão ocupados por várias estátuas, fontes e lagos.

A melhor forma de os conheceres é ires até lá, mas neste artigo vamos oferecer-te uma pequena apresentação do que por lá vais encontrar.

jardins do palácio de queluz
©PSML:José Marques Silva

5 – A casa mais antiga de Lisboa

Na foto principal deste artigo consegues admirar a casa mais antiga de Lisboa, com 500 anos, que é também uma das “sobreviventes” do terramoto que, no dia 1 de novembro de 1755, assolou grande parte da cidade.

a casa mais antiga de Lisboa, na Rua do Cegos
Foto por @juliopereiramusic

6 – Parque Recreativo Moinhos de Santana

A existência de moinhos em Lisboa é uma realidade que poderá ser novidade para muitos. Mas na verdade é que perto do Restelo podes visitar dois, no Parque Recreativo Moinhos de Santana.

É, sem dúvida, um dos lugares mais bonitos da cidade, com vários espaços verdes, um lago e um miradouro com vista para o Tejo que te vai deixar de queixo caído.

pessoas a descansar no Parque Recreativo dos Moinhos de Santana
O Parque dos Moinhos de Santana é um autêntico anfiteatro verde

7 – Palácio de Monserrate

Construído em 1856, para servir de residência de verão a Francis Cook, o Palácio de Monserrate é uma das mais incríveis criações do romantismo.

Mas isto é só a ponta do véu, porque o Palácio de Monserrate tem muito mais para contar. Vamos até lá?

vista exterior do parque e palácio de monserrate
Foto por @parquesdesintra

8 – Aqueduto das Águas Livres

O Aqueduto das Águas Livres foi construído entre 1731 e 1799, por determinação régia, sendo classificado como Monumento Nacional desde 1910.

Guias Secretos O Que Fazer