×

TIPO EM SUA PESQUISA E PRESSIONE ENTER

Carregando...
Cultura Guias Secretos O Que Fazer

Sítios insólitos em Lisboa: a Porta de Alfama e a Torre de São Pedro

Valter Leandro Valter Leandro - Editor

Sítios insólitos em Lisboa: a Porta de Alfama e a Torre de São Pedro

A Porta de Alfama e a Torre de São Pedro têm séculos de história, desde a altura que os mouros andavam por cá. 😮

A Porta de Alfama fica na Rua de São João da Praça, uma das artérias de maior movimento deste típico bairro lisboeta onde ainda é possível encontrar vestígios de há muitos séculos.

Já existe desde o século XI, na altura designada pelos árabes por Bāb al-Hamma, ou Porta das Termas, por ali existir um local termal.

Depois da conquista cristã, em 1147, passou a designar-se como Porta de Alfama, que hoje dá nome a um dos mais pitorescos e antigos bairros de Lisboa: Alfama.


Também podes ler: sabes de onde vem o nome Alfama?


@Pixabay

No subsolo onde agora existe a Porta de Alfama foi possível encontrar vestígios de uma torre que a ladeava. Era de construção romana, de finais dos séculos III-IV, de planta semicircular e estaria ligada a uma parte da muralha com cerca de cinco metros de espessura.

Outras das curiosidades da Porta de Alfama era a estrada que daria ligação até Santarém. 

Torre de São Pedro

Não muito longe da Porta de Alfama, a três minutos a pé pela Rua de São Miguel, fica outro ponto interessante neste bairro: a Torre de São Pedro, o lugar perfeito para descansar enquanto percorres as ruas e ruelas estreitas de Alfama.

Teria, na sua versão original, cerca de 21 metros de altura, apresenta uma planta invulgar em losango e está assente de uma forma parcial em rocha. O facto de ter sido identificada neste local uma nascente, criou a dúvida de que esta torre estaria destinada a proteger um posto de abastecimento de água.

Publicidade

Data de 1263 o nome que ainda hoje detém, Torre de São Pedro, pela proximidade com a já desaparecida igreja de São Pedro, fundada em 1191.

Chegou ainda a ser utilizada, segundo os manuscritos, como prisão nos finais dos séculos XIV e XV, perdendo depois a sua função militar para ser anexada ao palácio contíguo.

Não há dúvida que este pequeno espaço de lazer, com dois bancos por baixo de uma laranjeira, são o local ideial para descansar enquanto visitas um dos bairros mais típicos e antigos de Lisboa.

Vê aqui o nosso vídeo sobre Alfama para a conheceres pouco mais.

E se estiveres interessado em conhecer mais lugares espetaculares em Alfama, tens mesmo conhecer estes 10 sítios imperdíveis.

Fotos: @vleandro