Os melhores sítios para fazer piqueniques em Lisboa

9 parques e jardins para estender a toalha

Se Lisboa é uma das capitais da Europa com mais horas de Sol, vamos lá aproveitá-lo! O bom tempo alfacinha convida a levar o farnel numa cesta e a estender a toalha num dos muitos parques e jardins que há pela cidade.

Entre spots para levar os miúdos, recantos românticos e sítios para ir em excursão (com grelhadores e tudo) há muito por onde escolher. Ora vê a nossa lista e… bons piqueniques.

Parque Florestal de Monsanto

Com mais de 900 hectares de zona verde, bons locais para fazer piqueniques é coisa que não falta em Monsanto. Entre tantas hipóteses, até podes escolher um spot de acordo com as circunstâncias. Por exemplo, se a ideia é levar os miúdos, os parques infantis da Serafina e do Alvito fazem sempre sucesso, mas prepara-te para uma corrida às melhores mesas.

Para um date romântico, as vistas da Alameda Keil do Amaral prometem ajudar ao clima, mas há dias em que os melhores metros quadrados também são bem disputados. Para quem gosta de convívio, o Parque da Pedra e a Cruz das Oliveiras até já têm grelhadores e mesas à disposição.

Foto: @nunomppinto

Jardim da Estrela

Bem no centro da cidade, é um daqueles sítios que promete agradar a todos: aos miúdos, por causa do parque infantil, a quem gosta de estender a toalha num relvado, e aos outros, que nunca arranjam posição e preferem comer sentados num banco. Depois, aquele ambiente cheio de charme e as sombras das árvores centenárias fazem o resto.

Ah, e para quem se esquece sempre de qualquer coisa (talheres, guardanapos, sumos…) também há alguns supermercados nas redondezas que dão sempre jeito.

Quinta das Conchas

Nos limites da cidade, os 24 hectares da Quinta das Conchas têm espaço de sobra para quem gosta de piqueniques tipo arraial (cheios de alarido e até música, se for preciso) e para quem prefere um recanto mais sossegado. O parque infantil, com um dos escorregas mais divertidos da cidade, também costuma convencer os miúdos.

No verão, se gostares de piqueniques de fim de tarde, até podes aproveitar para ficares por lá mais um pouco e assistires às sessões gratuitas do Cine Conchas.

Foto: @gwalkertravel

Jardim da Cerca da Graça

Por ser um dos jardins mais recentes de Lisboa, ainda não é conhecido por todos, incluindo alguns lisboetas que já correram a cidade de uma ponta à outra. Se for o teu caso, prepara já um piquenique neste recanto entre a Graça, o Castelo e a Mouraria porque vais ficar surpreendido. Recanto é como quem diz, porque ainda tem dois hectares bem agradáveis, com relvados, miradouros e, claro, uma zona de merendas.

Foto: www.cm-lisboa.pt

Parque José Gomes Ferreira

Mais conhecido por Mata de Alvalade, tem cerca de 10 hectares com zonas de grelhadores em tijolo, um parque infantil e muitos trilhos e caminhos pedonáveis para ajudarem a fazer a digestão. A entrada faz-se pela Avenida Almirante Gago Coutinho (perto da Rotunda do Relógio).

Foto: @Parque José Gomes Ferreira

Parque Eduardo VII

Não são todos os sítios da cidade em que podemos ir fazer um piquenique… de metro. De facto, zona mais central não podia haver. Queres duas ou três sugestões de spots? Por exemplo, o parque infantil, tem várias mesas e um bom relvado, e ali bem perto (junto ao quiosque) também há uma zona com muitas árvores e sombras.

Do outro lado, junto ao Pavilhão Carlos Lopes, encontras algumas mesas e clareiras que convidam a estender a toalha.

Foto: @smiityapp

Tapada da Ajuda

Se calhar, até conheces a Tapada da Ajuda por causa do Brunch Electronik, mas esta zona verde também é boa para outros piqueniques mais sossegados. Nos seus 100 hectares não faltam boas zonas para estender a toalha e até há áreas próprias para merendas e churrascos.

Se fores lá, não deixes de aproveitar para conhecer o Observatório Astronómico de Lisboa e, claro, o miradouro no ponto mais alto da Tapada, com vistas panorâmicas para o Tejo e para a Ponte 25 de Abril.

Parque dos Moinhos de Santana

Não é propriamente um desconhecido dos lisboetas, mas talvez poucos saibam que neste parque do Restelo há duas zonas de merendas bem catitas. Sim, estamos a falar daquela junto ao parque infantil, mas também das mesas que existem lá em cima, mais escondidas, a dois passos do moinho.

Quem preferir o relvado também tem muito por onde escolher (no topo as vistas são incríveis) e ainda há um agradável café com esplanada.

Foto: www.cm-lisboa.pt

Jardim do Campo Grande

Quando estamos a falar de zonas para fazer piqueniques, pensamos em cesta, toalhinha aos quadrados e comida caseira. Mas o restaurante de fast food deste jardim (oficialmente chamado de Mário Soares) também convida muitos a pedirem o take away e a fazerem um piquenique improvisado na relva.

Batotas à parte, espaços verdes não faltam e até há uma zona própria para merendas, junto ao parque infantil. Quase obrigatório é um passeio até ao lago, onde podes fazer a digestão nos barquinhos a remos.

Foto: José Mendonça

Foto de capa: @Wikipedia/João Pimentel Ferreira

Tags:

';return t.replace("ID",e)+a}function lazyLoadYoutubeIframe(){var e=document.createElement("iframe"),t="https://www.youtube.com/embed/ID?autoplay=1";t+=0===this.dataset.query.length?'':'&'+this.dataset.query;e.setAttribute("src",t.replace("ID",this.dataset.id)),e.setAttribute("frameborder","0"),e.setAttribute("allowfullscreen","1"),this.parentNode.replaceChild(e,this)}document.addEventListener("DOMContentLoaded",function(){var e,t,a=document.getElementsByClassName("rll-youtube-player");for(t=0;t