5 praias fluviais a menos de 1 hora de Lisboa - Lisboa Secreta
×

TIPO EM SUA PESQUISA E PRESSIONE ENTER

Carregando...
Natureza & Bem-estar

5 praias fluviais a menos de 1 hora de Lisboa

By Nelson Rodrigues Agosto 21, 2019

Nenhuma capital europeia como Lisboa se pode gabar de ter tanta variedade (e qualidade) de praias nos arredores.

Mas, além das famosas praias de mar, que vão da Caparica à Ericeira, passando pelo Guincho, também há algumas fluviais, mais desconhecidas e tranquilas, que aproveitam as águas do Tejo.

Na margem Sul ou já no Ribatejo, descobrimos uma mão cheia que tens de conhecer. Mesmo que as águas não te inspirem muita confiança, não deixes de estender a toalha, aproveitar as vistas e, pelo menos, molhar o pezinho.

1 – Praia dos Moinhos – Alcochete

O Tejo e um areal relativamente extenso fazem desta praia um dos locais mais procurados em Alcochete durante o verão. Deve o nome aos moinhos de vento (já desativados) que existem no local, ajudando a compor um cenário bem diferentes das praias de mar. Nos últimos anos, ficou conhecida entre os praticantes dos desportos de vento, como o kitesurf, e até ganhou nos arredores um resort com piscina infinita e tudo.

O concelho de Alcochete tem ainda a Praia Fluvial do Samouco, onde existe um circuito pedonal, um parque infantil e uma zona de merendas.

Distância de Lisboa: 45 minutos

Foto: @CamaraMunicipalAlcochete

2 – Praia do Rosário – Moita

Partindo de Lisboa, em cerca de 45 minutos (se o trânsito ajudar) chegas a esta praia fluvial do Tejo, no concelho da Moita. Com cerca de 1 quilómetro de areal, tem apoios de praia, biblioteca estival, chuveiros, parque de merendas e parque infantil.

Encostado ao rio, existe também um restaurante – o Baía Tejo – com boas vistas e uma carta de pitéus bem tentadores.

Distância de Lisboa: 45 minutos

Foto: @andrade_js

3 – Praia da Alburrica – Barreiro

Praia de areias finas e claras, onde saltam à vista três moinhos tradicionais de vento, que testemunham o passado moageiro desta zona do Barreiro: o moinho de vento Gigante, o moinho de vento Nascente e o moinho de vento Poente. Além de bastante limpa, está equipada com chuveiros, um circuito de manutenção, um campo de voleibol, uma aranha para as crianças brincarem e parque de estacionamento dos arredores.

Aqui, os banhos são desaconselhados, mas não proibidos. Embora não esteja classificada oficialmente como praia fluvial, a autarquia vai solicitar a certificação da Agência Portuguesa de Ambiente (APA), esperando que tal aconteça ainda este ano.

Foto: @green_hero_info

4 – Praia da Valada – Cartaxo

A povoação ribeirinha de Valada, no concelho do Cartaxo, em pleno Ribatejo, oferece esta pequena, mas agradável praia fluvial na margem direita do Tejo. Tem zona de merendas com grelhadores, parque infantil, cais de embarque e circuito de manutenção.

Do outro lado do rio fica a aldeia piscatória de Escaroupim, criada em meados dos anos 30 por pescadores da Praia da Vieira (Marinha Grande), que sazonalmente (no Inverno) vinham pescar no Tejo.

Distância de Lisboa: 1 hora

Foto: @bozsopeti

5 – Praia Doce – Salvaterra de Magos

Situada entre a vila de Salvaterra de Magos e a aldeia piscatória de Escaroupim, a 70 quilómetros de Lisboa, é uma praia tranquila, rodeada de vegetação que cresce à beira do Tejo. Tem parque de merendas, mesas, casas de banho e um areal não muito grande.

Requalificada em 2015, também é conhecida pelas gentes locais como “Praia Dos Tesos”.

Distância de Lisboa: 1 hora

Foto: @marcaltrindade

Já agora, lê também o nosso artigo sobre praias fluviais a menos de duas horas de Lisboa.

Foto de capa: @pipass36