10 locais de visita obrigatória na Avenida Almirante Reis - Lisboa Secreta
×

TIPO EM SUA PESQUISA E PRESSIONE ENTER

Carregando...
Made in L

10 locais de visita obrigatória na Avenida Almirante Reis

By Inês Santos Setembro 28, 2020

A Avenida Almirante Reis é das artérias mais multiculturais da cidade e também das poucas que ainda se mantém fiel a si própria.

Aqui ainda podes encontrar comércio tradicional, mas também espaços que te levam para vários pontos do globo. É um retrato fiel da Nova Lisboa, onde confluem culturas e tendências.

Começa Rua da Palma na Praça do Martim Moniz, mas depressa vira Avenida Almirante Reis e assim segue até à Praça Francisco Sá Carneiro, no Areeiro. São quase três quilómetros de Avenida.

1 – A Marisqueira do Lis

Embora o Ramiro seja a marisqueira mais popular da Almirante Reis, na Marisqueira do Lis a qualidade é também assinalável e o espaço é bem mais familiar. O marisco é sempre fresco, os pregos do lombo ou da vazia são tenros e suculentos e a cerveja sai com a espuma certa. Numa altura em que imperam as cervejarias pouco autênticas, nesta marisqueira ainda se come bem e os empregados atendem com um misto de simpatia e profissionalismo irrepreensíveis.

Morada: Avenida Almirante Reis, 27 B
Horário: Quarta a segunda – 09h às 02h

@unwrappedseries.com

 2 – Kingpin Books

Com duas décadas de existência, a Kingpin Books é a maior loja portuguesa de banda desenhada, assumindo também o papel de editora. Ocupa este espaço de mais de 200 metros quadrados desde abril de 2018 e aqui podes encontrar os autores mais notáveis da BD americana, japonesa e portuguesa , assim como figuras de ação, posters, T-shirts e outras peças de merchadising.

Morada: Avenida Almirante Reis, 82 A
Horário: Segunda a sexta – 11h às 20h | Sábado – 11h às 19h

@kingpinbooks

3 – Humana

Quem adora encontrar uma boa pechincha, vai adorar as lojas Humanas, dedicadas à venda de roupa e acessórios em segunda mão – e não falta a roupa vintage. Em dias específicos, as lojas vendem tudo a 3€ ou 5€, por exemplo. Se tiveres paciência, podes encontrar peças de marca ainda em bom estado ou um casaco de cabedal fora de série! Na Almirante Reis existem três lojas; a do nº 94 é a nossa preferida.

Morada: Avenida Almirante Reis, 94
Horário: Segunda a sábado – 9h30 às 19h30 | Domingo – 11h às 18h30

@humana

4 – Portugália Cervejaria

A Portugália da Almirante Reis foi a primeira da cidade e, no início, era apenas um espaço que vendia cerveja avulso. O sucesso começou a ser tanto que rapidamente o conceito expandiu-se ao resto do país e todas as zonas passaram a usufruir dos bifes e do marisco. Aconselhamos que a paragem na Portugália seja feita ao balcão com um croquete e uma imperial bem fresquinha – em alternativa, o Bife com Molho à Portugália é sempre uma boa escolha.

Morada: Avenida Almirante Reis, 117
Horário: 12h00 às 00h00 (Sextas, Sábados e Vésperas de Feriados das 12h00 à 01h00)

@aba.com.pt

5 – Grande Palácio Hong Kong

A melhor prova da autenticidade deste restaurante chinês é o facto de encontrarmos asiáticos entre os clientes habituais. O espaço é igual a tantos outros do género mas aqui serve-se autêntica comida de Cantão, com destaque para os dim sum inesquecíveis. Durante os dias de semana, estão disponíveis 8 menus de almoço, entre os 5.75€ e os 7.50€.

Morada: Rua Pascoal Melo, 8A (no cruzamento com a Av. Almirante Reis, 106D)
Horário: Segunda a domingo – 12h00 às 15h00 e 19h00 às 00h30

@marmitablog

6 – Fábrica dos Bolos do Chile – Azevedo e Vidal

Se nunca comeste um bolo de madrugada na Fábrica dos Bolos do Chile, ainda não és um lisboeta a sério. Fundada em 1978, a Fábrica de Bolos do Chile é especializada no comércio e fabrico próprio de pastelaria tradicional e aqui podes comer um pastel de nata ou uma bola de Berlim bem quentinhos a meio da noite. Às vezes há fila, mas a espera vale a pena!

Morada: Avenida Almirante Reis, 149 A
Horário: Segunda a domingo – 21h às 5h

@maryfefireis

7 – Casa Garcia – Oficina de Amolador

Na placa lê-se “Oficina de Amolador, Guarda-Chuvas e Bengalas” e esta é uma das lojas de comércio tradicional que ainda dão magia à Almirante Reis. Aqui arranjam-se os mais diversos objetos como guarda-chuvas, facas, tesouras ou alicates, e não falta também a simpatia. Numa época em que reutilizar e reabilitar voltam a ser palavra de ordem, é um espaço mais do que pertinente.

Morada: Avenida Almirante Reis, 173 A
Horário: Segunda a sexta – 09h às 13 e 15h às 19h

@dn.pt

8 – Annapurna

Antes do boom dos restaurantes exóticos na cidade, já o Annapurna trazia o melhor da cozinha nepalesa à Almirante Reis. Na capital desde 1997, foi o primeiro restaurante do género e foi um dos espaços responsáveis pela nossa enorme paixão pelo mundo das especiarias. Continua a oferecer refeições deliciosas, dos tradicionais caris aos grelhados tandoori.

Morada: Avenida Almirante Reis, 179
Horário: Segunda a domingo – 11h30 às 15h30 e 18h30 às 23h30

@restaurantes.annapurna

9 – Bora-Bora

Inaugurou em 1982 e rapidamente foi um fenómeno na cidade. O Bora-Bora continua a ser o mais reputado bar polinésio da capital, com cocktails a fumegar e copos de loiça tão exóticos quanto sinistros. As palhinhas gigantes para desfrutar das bebidas em conjunto continuam a ser um dos pontos altos do espaço, que permanence imutável e que nos faz viajar no tempo.

Morada: Avenida Almirante Reis, 194C
Horário: Segunda a domingo – 20h30 às 03h

@polinesian.bar

10 – Café Império

Inaugurado em 1955, o Café Império é um dos espaços mais icónicos da cidade e um restaurante que atravessou gerações. Os clássicos bifes continuam a ser a principal razão para o visitar e o Bife Império, cuja receita permanece imutável há 65 anos, é o ex-líbris. O atendimento é cuidado e o espaço é realmente acolhedor e charmoso, sendo considerado Património Arquitectónico.

Morada: Avenida Almirante Reis, 205 A
Horário: Segunda a domingo – 12h às 00h

@booktables.pt

Foto de capa: @