×

TIPO EM SUA PESQUISA E PRESSIONE ENTER

Carregando...
Guias Secretos O Que Fazer

Sítios insólitos em Lisboa: a história da Rua da Triste-Feia

Valter Leandro Valter Leandro - Editor

Sítios insólitos em Lisboa: a história da Rua da Triste-Feia

Este é o nome dado a uma rua de Lisboa que nem sequer pode ser designada como tal. Vamos conhecer mais sobre a sua história.

A Rua da Triste-Feia pertence à Junta de Freguesia da Estrela, começando no Largo junto à Estação de Alcântara-Terra com término na Rua da Costa.

Só que esta via, curiosamente, não se pode designar, nem como Rua, nem como Travessa e muito menos como Largo ou Avenida.

Ninguém sabe ao certo a data de atribuição do nome desta rua, sendo que desde a remodelação paroquial de 1770 já se encontrava nas plantas e descrições das freguesias de Lisboa, na altura “Rua da Triste Feya”.

@Nelson Rodrigues

Mas de onde vem o nome estranho?

Diz a história que ali moravam três irmãs e que uma delas tinha feições pouco agradáveis à vista dos rapazes, que fugiam sempre que a avistavam.

Contudo, apesar de nunca ter conhecido o amor, era considerada como muito afável com os vizinhos. Diz-se ainda que estava sempre sentada à porta de casa, no número 28.

Publicidade

Embora nunca a tenham visto, os moradores desta zona da cidade lembram-se dos pais e dos avós contarem esta história, que ficou para sempre e até ganhou direito a placa toponímica e a um mural.

@Câmara Municipal de Lisboa

Vamos até lá?

Podes usar o StreetView do Google Maps para navegar por esta rua e veres, com os teus próprios olhos, um dos lugares em Lisboa que contam uma história singular.

Conhece, em Lisboa, outras ruas com nomes estranhos.