Da arte urbana às festas de Carnaval, 8 planos para o fim de semana - Lisboa Secreta
×

TIPO EM SUA PESQUISA E PRESSIONE ENTER

Carregando...
O Que Fazer

Da arte urbana às festas de Carnaval, 8 planos para o fim de semana

By Inês Santos Fevereiro 21, 2020

Elrow Chinese Row Year

Para alguns este fim de semana dura quatro dias e para outros são os dois dias do costume. Seja como for, há muito para fazer e muitos cantos de Lisboa para explorar. Se preferires, há também inúmeras propostas para festejar o Carnaval – só tens de preparar o teu melhor disfarce!

1 – Elrow 2020 – Chinese Row Year com Claptone, Sam Paganini e muitos mais

As festas Elrow já correram mundo, aterrando em Lisboa pela terceira vez sábado, dia 22 de fevereiro, no Pavilhão 1 da FIL. Desta festa só podes esperar muita música, magia e farra até o sol raiar. O mote deste ano será a celebração da cultura chinesa e a entrada do Novo Ano Chinês, que culminará com uma explosão de alegria que promete levar todos os presentes ao rubro.

Elrow Chinese Row Year
Photographer: www.lukedyson.com

2 – Um passeio pelas três ginjinhas históricas da capital

Não é só em Óbidos que se bebe boa ginjinha. Em Lisboa, o adocicado licor de ginja também faz parte da história da cidade desde o século XIX. A capital consome-o há 180 anos e os espaços que o vendem mantêm-se vivos, populares e autênticos. Este fim de semana, desafiamos-te a um passeio pelos três espaços mais épicos: Ginjinha Espinheira, Ginjinha Sem Rival e Ginjinha Rubi.

Foto: @lojascomhistoria.pt

3 – Roteiro pelos locais secretos da LxFactory

Há sítios em Lisboa que merecem uma visita mais demorada. A LxFactory é um desses casos. A antiga fábrica de tecidos ganhou uma nova vida e hoje é um dos locais mais criativos e modernos da cidade, onde podes usufruir de tudo um pouco, desde um local para trabalhar junto ao Tejo como de restaurantes. Junta-te a nós nesta viagem secreta às ruelas deste mini-bairro lisboeta.

miradouro a partir do rio maravilha na lx factory
@backpackers.inspiration

4 – Uma viagem sonora à volta do globo com o Carnaval Mestiço

No Carnaval, celebrar é palavra de ordem e não importa só conseguir o melhor disfarce; também interessa abanar o corpo e deixar o ritmo tomar conta de nós. É essa a premissa do Carnaval Mestiço, festa que se desafia a recordar a história da música do Carnaval, com sonoridades de Angola ao Brasil. Anota já na agenda: sábado, 22 de fevereiro às 23h, no Titanic Sur Mer!

Foto: Carnaval Mestiço

5 – Uma aventura pela Avenida Almirante Reis

A Avenida Almirante Reis é das artérias mais multiculturais da cidade e também das poucas que ainda se mantém fiel a si própria. Aqui ainda podes encontrar comércio tradicional mas também espaços que te levam para vários pontos do globo. É um retrato fiel da Nova Lisboa, onde confluem culturas e tendências. Do marisco à banda-desenhada, passando pela comida nepalesa, desafiamos-te a percorreres 10 espaços nestes quase três quilómetros de avenida.

Foto: @restaurantes.annapurna

6 – Descobre o antes e o depois das salas de cinema mais históricas

Lisboa sempre foi uma cidade muito ligada às artes, com grande relevância para a sétima: o cinema. Só assim se justificam as grandiosas salas de exibição de filmes. Traz as pipocas e relaxa no sofá, estás prestes a conhecer como eram os maiores cinemas da capital lisboeta📽️🍿

Cinema Condes
@Fernandes, Salvador de Almeida | @Arquivo Municipal de Lisboa

7 – Celebra no festivo Baile da Columbina

Alô Comunidade! Preparadxs para o carnaval? Chegou o grande dia! Após o cortejo de Carnaval com o Bloco Colombina Clandestina a desfilar pelas tradicionais ruas de Alfama, a festa continua na Voz do Operário, na Graça, até às duas da manhã. Será um dia… e noite repletos de boa disposição, paixão, purpurinas, folia e muita animação! Bora lá fazer parte dessa festa!
Baile da Colombina
Foto: @Raquel Pimentel

8 – Murais de arte urbana para descobrir (e fotografar)

Nos últimos anos Lisboa tem ganho destaque no roteiro mundial da arte urbana. De artistas nacionais aos mais célebres nomes internacionais, são inúmeros os artistas que têm dado nova vida às paredes e fachadas da capital. Vem connosco descobrir as 10 peças mais icónicas.

Foto: @galeriadearteurbana

Foto de capa: @Elrow