×

TIPO EM SUA PESQUISA E PRESSIONE ENTER

Carregando...
Gastronomia Guias Secretos O Que Fazer

5 cervejas produzidas aqui mesmo em Lisboa

Depois da fama de bom vinho, chegou a hora de mostrar o que valem as nossas cervejas artesanais.

Bruna Castro Bruna Castro

5 cervejas produzidas aqui mesmo em Lisboa

O calor pede para ficar tardes inteiras na esplanada, a falar e a beber cervejas.

Mas desengane-se quem pensa que cerveja apenas rima com verão. Estas cervejas são para beber durante o ano inteiro.

Há para todos os gostos e intensidades, com vários sabores, aromas e cores diversas, são artesanais e, melhor ainda, são feitas cá na nossa cidade, em Lisboa.

Podem não agradar à primeira, aos menos habituados a estes paladares artesanais, mas experimentem uma e outra, de marcas diferentes, e vão notar uma grande diferença para aquelas cervejas mais comerciais. É que não tem nada a ver!

Foi há pouco mais de cinco anos que começaram a surgir em Lisboa as primeiras marcas artesanais. Sabias que há variedades com nomes de bairros típicos da Graça? E que há uma zona na cidade que já é chamado do bairro da cerveja?

Pois é, para que não te percas na cidade à procura destes pequenos paraísos da cerveja, anota aí!

LX Brewery

A LX Brewery foi a primeira fábrica a surgir em Lisboa (anteriormente com o nome Sant’Ana), ali para os lados da Estefânia. O espaço não é apenas uma fábrica, é também uma loja, onde se pode comprar ingredientes e material para a produção de cerveja artesanal e, ainda, um bar.

Este bar funciona todas as sextas e sábados das 18h às 2h da manhã. Podem lá ir comer e beber, provar uma só ou várias cervejas da casa e dar a vossa opinião.

A ideia é que o bar sirva de palco para novas experiências. Tem cinco sabores fixos, sempre disponíveis, e os sabores personalizados e feitos à medida de alguns clientes.

Morada: Rua do Funchal 5 (Estefânia)

@lxbeer_lxbrewery

8ª Colina

A 8ª Colina, fica em pleno bairro da Graça, mais concretamente na Vila Berta, desde 2014. Para nós já ganhou a medalha de nomes mais originais: têm a Urraca Vendaval, a Zé Arnaldo e a Florinda.

E os sabores sazonais, têm nomes de bairros da Graça. Não podes deixar de visitar o quiosque desta cerveja artesanal no renovado Largo da Graça com cinco torneiras rotativas, cada qual com o seu sabor. 

Morada: Travessa da Pereira 16 A, Armazém 5 (Graça)

@quiosqueoitavacolina

Dois Corvos

A Dois Corvos começou em 2013, mas só em 2015 foi possível bebermos a primeira cerveja artesanal desta marca.

Uns meses depois, abriram o primeiro bar de provas deste género, em Marvila, um verdadeiro tap room com comes e bebes, paredes meias com a fábrica.

Já produziram quase meia centena de sabores e combinações e têm 12 variedades sempre disponíveis no bar e por todo o país e estrangeiro.

São um verdadeiro caso de sucesso e com muitas medalhas a comprová-lo! Sentem que têm tido um papel importante na criação da cultura da cerveja artesanal e quem somos nós para duvidar.

Morada: Rua Capitão Leitão 94 (Marvila)

@doiscorvos

Musa

A história da marca Musa começa pouco antes de 2014, mas entre viagens e start-ups só em 2016 é que aparece a primeira cerveja artesanal, a grande Mick Lager. Faz-te lembrar algo? Exato, a Musa anda de mãos dadas com a música.

Seguiu-se a Born in the IPA, a Red Zeppelin e a Twist and Stout. Estão num dos muitos armazéns de Marvila, desde 2015 e com fabrico próprio desde 2017.

De certeza que já ouviste falar das festas da Musa, não? Fica atento que por lá não há só cerveja, há sempre boa música também.

Morada: Rua do Açúcar 83 (Marvila)

@cervejamusa

Lince

Lince é a marca menos conhecida até agora e está também em Marvila, desde 2016, com tap room aberto de quarta-feira a domingo.

No local, podes experimentar as várias cervejas. A Lince tem também uma versão em garrafas mais pequenas, a nossa tão famosa mini. Para além de cerveja, está nos planos da marca contribuir para a preservação do lince-ibérico.

Morada: Rua Capitão Leitão 1B (Marvila)

@cervejalince

O bairro da cerveja

Como três destas cinco marcas estão na mesma zona da cidade, começou-se a ouvir falar em Marvila Beer District, qualquer coisa como o Bairro da Cerveja.

E como têm conseguido criar muita movimentação à volta da cerveja, da indústria e da arte, criaram o Oktober Festa, em homenagem ao festival da cerveja na Alemanha, e a festa no dia de Reis, com o mote Ouro, Incenso e Birra.

Ficamos à espera de mais eventos, mas já deu para perceber que este pessoal é imparável e, por isso, daqui vai um brinde aos novos sabores artesanais!

8 bares onde podes beber uma cerveja bem fresquinha em Lisboa.