5 afterworks em Lisboa (para ir depois da Web Summit) - Lisboa Secreta
×

TIPO EM SUA PESQUISA E PRESSIONE ENTER

Carregando...
O Que Fazer

5 afterworks em Lisboa (para ir depois da Web Summit)

By Valter Leandro Novembro 4, 2019

pessoas na rua em Lisboa

Por vezes, a melhor maneira de fechar um negócio é de copo na mão, de preferência num dos locais que escolhemos especialmente para ti, que estás por Lisboa a assistir à Web Summit. 🤝

Sair do escritório e ir beber um copo com os teus colegas de trabalho é uma das melhores coisas que podes fazer. Além de ajudar a fortalecer laços de amizade e a criar interesses comuns entre parceiros de secretária, permite-te, de uma forma mais descontraída, explorar outro tipo de assuntos que nada têm a ver com a rotina que manténs das 9 às 6. 

A realização da Web Summit em Lisboa, de 4 a 7 de novembro, é a melhor desculpa que te podemos propor para, se ainda não o fazes, começares a mudar as tuas rotinas casa – trabalho – casa.

Desta forma, pelo menos durante esta semana, propomos que o teu calendário sofra uma pequena alteração para casa – trabalho – LAZER – casa. Em baixo vais encontrar uma lista de lugares onde poderás ir depois das portas da Web Summit fecharem. 

E muitos destes locais continuarão cá depois deste grande evento tecnológico. Por isso, se não conseguires ir a todos agora, podes fazê-lo mais tarde ou sempre que te apetecer.

1. Edo Sushi do Parque das Nações

As filas para comer na Web Summit são, por vezes, muito longas. Além de que a oferta também pode pecar por não ser a melhor do mundo.

Por isso, a nossa primeira sugestão é que “mates a fome” no Edo Sushi do Parque das Nações, onde podes encontrar um menu para duas pessoas. A entrada é constituída por Kimutchi; o prato principal por um combinado de 20 peças de sashimi de salmão, atum e peixe branco do dia e 20 peças de sushi variado (4 hosomaki, 4 nigiri, 8 uramaki e 4 gunkan); e a sobremesa por um Cheesecake ou uma Delícia de Lima.

Reserva aqui e bom apetite 🍣🥢

Foto: @Edo Sushi Expo

2. Outros apetites no Parque das Nações

E porque nem todos são apreciadores de sushi e outras iguarias do oriente, existem restaurantes no Parque das Nações que são capazes de satisfazer outro tipo de apetites, nomeadamente os adeptos de comida tradicional portuguesa.

D’Bacalhau, Mar, Nova Peixaria, A Leitaria Gourmet, Páteo, Além Tejo ou D’Avis são apenas alguns dos melhores restaurantes da expo a servir pratos nacionais deliciosos. E todos eles ali bem próximos da FIL, do local onde se realiza a Web Summit.

ostras do restaurante MAR, no Parque das Nações
Foto: @Restaurante MAR

3. Prova de cervejas em Marvila

Não há nada melhor que uma cerveja geladinha depois de um dia intenso no escritório, certo? A nossa proposta passa por experimentares algumas das melhores cervejas artesanais que se podem beber em Lisboa, como destaque para a Dois Corvos.

A Dois Corvos começou em 2013 mas só em 2015 foi possível bebermos a primeira cerveja artesanal desta marca. Uns meses depois, abriram o primeiro bar de provas deste género, em Marvila, um verdadeiro tap room com comes e bebes, paredes meias com a fábrica. 

Já produziram quase meia centena de sabores e combinações e têm 12 variedades sempre disponíveis no bar e por todo o país e estrangeiro. Um verdadeiro caso de sucesso e com muitas medalhas a comprová-lo! 

Vem (com)provar tu também 🍻

Foto: @doiscorvos

4. Diversão em Lisboa: do Bairro Alto ao Cais do Sodré

A noite lisboeta passa, principalmente, por estes dois típicos bairros lisboetas. Não há quem visite a cidade sem passar por um dos bares ou restaurantes. É obrigatório!

Café Alface Hall
Começou por ser um hostel, mas um dos seus maiores destaques são as noites de música ao vivo, tornando-o o local ideal para saborear uma refeição rápida enquanto aprecia espetáculos de Blues e Jazz ao vivo.

Maxime Cabaret Show: The Ultimate Cabaret Dinner Experience
As noites de Lisboa nunca mais foram as mesmas desde que o Maxime Restaurante-Bar trouxe os Cabaret Dinner Experience para a Praça da Alegria. O sucesso destes jantares começou com o espetáculo Madame Liz Bonne e agora vão dar que falar ainda mais com o novíssimo Maxime Cabaret Show.

Praça Luís de Camões
O networking não é exclusivo de espaços fechados, barulho e bebida à discrição. A Praça Luís de Camões é um dos pontos de encontro mais concorridos da cidade, ou não estivesse ele a meio caminho entre o Chiado e o boémio Bairro Alto.

Rua cor de rosa + Pensão Amor
É já uma das ruas mais fotografadas de Lisboa, muito pela cor rosa com o qual foi decorada, tendo já sido usada como palco de networking pela própria organização da Web Summit.
É também nesta rua que vais poder encontrar a Pensão Amor, onde terás a sensação de ter entrado num museu. A decoração é, sem dúvida, um convite para os olhos curiosos: muito veludo, candeeiros, espelhos, varões de pole dance, cores e desenhos na parede fazem deste, um lugar especial. 

rua cor de rosa no cais do sodré
Foto: @@iamarekszn

5. Noite de Quiz (com ou sem jantar) no Apple House

Há pessoas que procuram atividades de lazer mais tranquilas, mas nem por isso menos divertidas. A nossa próxima sugestão leva-te a uma pequena hamburgueria no Campo Pequeno onde podes colocar os teus conhecimentos à prova.

As noites de quiz do Apple House incluem 50 perguntas das mais diferentes áreas: atualidade, artes, ciência, desporto, entretenimento, geografia, história, etc. e vão permitir testar os teus conhecimentos, fazendo florescer o teu lado mais competitivo. 

Estás pronto para responder a todas as perguntas? Reserva o teu lugar aqui.

Foto de capa: @elio-santos