×

TIPO EM SUA PESQUISA E PRESSIONE ENTER

Carregando...
O Que Fazer

O que ver e fazer em Lisboa: 10 programas imperdíveis 

By Nelson Rodrigues Janeiro 3, 2019

Lisboa quer voltar a estar cheia e, por isso, todos os dias há novas coisas para ver e fazer na cidade. Conhece as nossas sugestões. 👌

Nunca é fácil estar a par de tudo, mas agora tens uma App que te liga à cidade como nunca. Queres saber o que ver e fazer em Lisboa? A Fever tem!

Esta aplicação já deixou marcas em várias cidades internacionais, como Madrid, Paris, Londres ou Nova Iorque, tornando-se na maior aplicação de experiências e entretenimento do mundo.

A nível global, a Fever tem um alcance de mais de 20 milhões de pessoas por semana e, por cá, já chega a mais de 1,5 milhões. Porquê tanto sucesso? Porque te dá a conhecer, em segundos e num par de cliques, tudo o que se está a passar em Lisboa. Sempre tendo em conta as tuas preferências e expetativas do momento.

No total, tens centenas de planos à tua espera, por isso, o mais difícil é escolher. Mas nós facilitamos-te a tarefa e selecionámos 10 sugestões imperdíveis na cidade.

1 – Oceanário, no Parque das Nações

Não é por acaso que, 20 anos depois de abrir portas, continua a ser uma das mais visitadas e elogiadas atrações de Lisboa.

Lá dentro, encontras o “oceano global”, através de quatro habitats marinhos que atravessam águas temperadas, tropicais e frias de diferentes mares. E nelas habitam centenas de espécies marinhas que deslumbram visitantes de todas as idades, sem exceção.

E tu, quando vais mergulhar nesta aventura incrível?

@vidarnm

2 – Alfama

É muito mais que um dos bairros mais antigos e castiços de Lisboa. Alfama também tem miradouros incríveis, recantos fadistas e boémios, ruelas floridas e moradores que resistem à gentrificação da cidade.

Enquanto assim for, continuará a ser uma pequena aldeia no meio da cidade, onde o tempo corre mais devagar, ao ritmo das tradições e da vizinhança.

Uma forma bem divertida de conheceres Alfama é através de um jogo/enigma que te leva pelas ruas do bairro até à Baixa da cidade. Aceitas o desafio?

Foto: @liammckay

3 – Miradouro da Senhora do Monte, na Graça

As opiniões dividem-se, mas muitos lisboetas dizem que este é o melhor miradouro da cidade. As vistas são de cortar a respiração, com o castelo e o centro histórico em primeiro plano e, logo depois, o belo Tejo no horizonte.

No local existe uma capelinha dedicada à Senhora do Monte que, dizem, ajuda a proteger as grávidas. Se a fome apertar para aqueles lados, aproveita para conhecer o restaurante Giro, na Calçada do Monte (nº 96), dedicado aos sabores do Oriente.

@carlos_rochalx

4 – Rio Tejo

Podes até conhecer Lisboa de uma ponta à outra, mas acredita que descobri-la a partir do Tejo promete ser uma experiência surpreendente.

Enquanto passeias ou navegas, vais sentir a paz e tranquilidade do rio, observar as duas margens a partir de novas perspetivas e, claro, tirar muitas fotografias que vão fazer sucesso nas redes sociais.

Para um momento mais romântico, não há nada como fazer um passeio de veleiro ao Pôr do Sol. Queres subir a bordo?

@tiagoverissimo87

5 – MAAT – Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia, em Belém

Um dos mais recentes museus de Lisboa impressiona por fora e por dentro. Desde logo, chama a atenção pela sua arquitetura envolvente, que se relaciona com o rio Tejo, ali mesmo ao lado.

Além do novo edifício, com quase três mil metros quadradados para exposições, integra também a antiga Central Termoelétrica de Lisboa, um dos mais importantes exemplos nacionais de arquitetura industrial da primeira metade do século XX.

Foto: @lykkberlin

6 – Galeria Underdogs, em Marvila

Vhils, o mais famoso e internacional dos street artists portugueses, é o corpo e a alma desta galeria dedicada, sobretudo, à arte urbana. Situada na zona oriental da cidade, em Marvila, é ao mesmo tempo um espaço multifunções que, além das exposições, também serve de residência artistica e laboratório cultural.

Mas Marvila não é só arte urbana. É também o Lisbon Beer District, que serve de morada a alguns dos melhores bares de cerveja artesanal da cidade. Queres conhecer pelo menos um? Então, não deixes de visitar o Dois Corvos.

Underdogs
@dashofnoir

7 – Rua Cor de Rosa, no Cais do Sodré

Poderá uma rua sozinha revolucionar um bairro inteiro ou mesmo uma cidade? Pode! E logo em tons rosa, como aconteceu com a Rua Nova do Carvalho, no Cais do Sodré. Esta via pedonal, conhecida por todos como “Rua Cor de Rosa” junta bares, discotecas históricas e esplanadas, frequentadas por turistas e lisboetas de todas as tribos urbanas.

À volta dela também surgiram mil e um restaurantes para todos os gostos e com as mais diversas influências geográficas. Se passares por lá, podes deliciar-te no Espada.

@CML

8 – MOME, na 24 de Julho

Na cada vez mais trendy e diversificada noite lisboeta há discotecas históricas e incontornáveis, como o Lux ou o B. Leza, mas também surgiram algumas novidades que vieram agitar a vida noturna da capital.

É o caso do MOME, um club com três pisos (pista de dança, bar e restaurante) que trouxe nova vida a um espaço mítico de Lisboa, onde em tempos fizeram sucesso a Kapital ou o MAIN.

@MOME

9 – Reservatório da Patriarcal

Apesar dos seus mais de 150 anos de história, continua a ser um dos segredos  mais bem guardados de Lisboa.

Escondido no subsolo do jardim do Príncipe Real, é uma galeria em forma octogonal, assente em trinta e um pilares que, por sua vez, sustentam as abóbadas deste reservatório de água.

@visitlisboa.com

10 – Lisboa de Helicóptero

Uma das formas mais surpreendentes e incríveis de descobrir Lisboa é… nos céus da cidade. Lá do alto, vais descobrir perspetivas únicas, detalhes inesperados e, claro, um cenário espetacular, feito de Tejo e casario.

Se procuras uma experiência inesquecível, embarca num voo de helicóptero e deslumbra-te com panorâmicas de cortar a respiração.

@LisbonHelicopters

Descobre estas e outras sugestões na Fever. A App já está disponível em português para iOS e Android.

Foto de capa:@andreasbruecker