Hoje vamos até Cacilhas, um passeio pela margem sul do rio Tejo

Logo ali do outro lado do rio, espera-te uma paisagem deslumbrante.

Num instante, tens uma vista completamente diferente do Rio Tejo e uma sensação de tranquilidade de uma pequena vila. Estamos perto, mas parece que estamos longe: estamos em Cacilhas! Do Cais do Sodré até lá são apenas 10 minutos, e chega-se por uma travessia agradável, que te vai fazer tirar umas boas fotos.

João Farinha

Um ótimo programa para os sábados ou domingos é sair pelo fim da manhã de Lisboa e ir almoçar num dos inúmeros restaurantes de comida típica portuguesa, a bons preços. Especialidades de marisco como Amêijoas à Bulhão Pato ou o Arroz de Tamboril com Marisco são as melhores opções. E, se ainda sobrar espaço para a sobremesa, não deixes de provar a baba de camelo.

Já que estás por Cacilhas, não podes deixar de visitar a graciosa igreja azul celeste, a Igreja de Nossa Senhora do Bom Sucesso. Construída em 1759, conserva ainda os seus belos azulejos e a parte interior é toda em talha dourada. Religiões à parte, vais de certeza ficar encantado com os detalhes deste lugar.

Kev Harrison

Outra coisa que não podes perder,  é caminhar calmamente pela Rua Cândido dos Reis, que desde que se tornou pedonal em 2012, tem atraído muitos visitantes que procuram sítios mais trendy. Se neste dia não te apetecer comida portuguesa, e sim, uma pizza, um hambúrguer ou comida japonesa, também podes encontrar por ali todas estas opções.

https://tudosobreumarua.wordpress.com

E se estiveres num dia cheio de energia, podes ainda alugar uma bicicleta no Da Cá Cacilhas ou caminhar no Cais do Ginjal em direção à Ponte 25 de Abril. Já a chegar a Almada Velha, poderás encontrar o elevador Panorâmico Boca do Vento, de onde se tem uma linda vista da cidade de Lisboa.

https://tudosobreumarua.wordpress.com
João Farinha

Para consultares os horários dos barcos entre o Cais do Sodré e Cacilhas, clica aqui.