×

TIPO EM SUA PESQUISA E PRESSIONE ENTER

Carregando...
Notícias

Telemóvel vai substituir passe e bilhete de transporte

Medida deverá entrar em vigor no próximo ano, mas não acaba com títulos em papel

Nelson Rodrigues Nelson Rodrigues

Telemóvel vai substituir passe e bilhete de transporte

Um telemóvel vai ser suficiente para comprares e validares bilhetes, descobrires quanto tempo falta para chegar o próximo autocarro e até saberes se ele vem cheio ou não.

Depois da entrada em vigor dos passes únicos, a Área Metropolitana de Lisboa já está a preparar a próxima revolução nos transportes: a criação de um passe virtual.

A medida foi avançada ao jornal Expresso pelo vereador da Mobilidade na Câmara Municipal de Lisboa, Miguel Gaspar, e passa pela criação de uma app que vai dispensar os passes e os bilhetes físicos.

“É uma modernização integral do sistema de bilhética que vai permitir às pessoas andar nos transportes públicos com base no telemóvel e com pagamento por cartão bancário integrado. Mas também lhes vai permitir receber informação em tempo real para saber, por exemplo, se há algum serviço a falhar, a que horas vem o próximo autocarro e se vem cheio ou não”, afirmou.

Esta app poderá estar funcional em 2020 e irá servir todos os transportes públicos: autocarros, elétricos, metro e barcos. Até lá, será necessário substituir os validadores de bilhetes, o que deverá custar cerca de 21 milhões de euros.

Publicidade

E os bilhetes físicos vão acabar? Não, pelo menos para já. Este novo sistema será uma alternativa ao atual e só o utilizará quem quiser.

Miguel Gaspar adiantou outro projeto para o futuro, o transporte público a pedido durante a noite, que começará por ser testado em Marvila, Carnide, Ajuda, Belém, Alcântara e uma parte de Benfica: “Quando não se justifica ter um autocarro a passar de dez em dez minutos, poderíamos ter serviços de autocarro que só passam se o passageiro chamar”.

Foto: @glamintendente

Foto der capa: @justphotosruipereira