Para onde vai o dinheiro da taxa turística de Lisboa? - Lisboa Secreta
×

TIPO EM SUA PESQUISA E PRESSIONE ENTER

Carregando...
Notícias

Para onde vai o dinheiro da taxa turística de Lisboa?

Só este ano, deverá render mais de 35 milhões de euros

By Nelson Rodrigues Janeiro 17, 2019

O que faz a Câmara com os milhões de euros que recebe todos os anos da Taxa Municipal Turística? Provavelmente já colocaste essa pergunta (e nós também), por isso fomos à procura das respostas e dos números.

A taxa turística foi aprovada em 2014, mas só em 2016 começou a ser realmente aplicada, cobrando um euro por noite (até ao máximo de sete euros) sobre as dormidas de turistas nacionais e estrangeiros em todas as unidades de alojamento local da cidade.

Nesse ano, rendeu 12,4 milhões de euros e em 2017 a receita subiu para os 18,5 milhões.

Em 2018, a autarquia espera encaixar mais do que a soma dos dois anos anteriores, qualquer coisa como 36,5 milhões. E de onde vem essa subida? A explicação é simples.

Desde janeiro que a taxa passou de um para dois euros, por isso os cofres da câmara deverão receber mais ou menos o dobro do ano anterior. Mas se os turistas aumentarem, as receitas também irão subir.

Foto: @PORTODELISBOA

Depois dos números, a resposta à pergunta inicial. Durante este período, foram várias as áreas e os eventos que beneficiaram dos dinheiros da taxa turística, com destaque para o Festival Eurovisão da Canção.

Estas receitas também foram utilizadas na higiene urbana da cidade, nomeadamente para a compra de carros elétricos de limpeza.

Para este ano, está previsto um reforço de 3 a 5 milhões de euros, via juntas de freguesia. A ideia é ajudar a minimizar o impacto do aumento de resíduos que o boom turístico trouxe â cidade.

Foto: @PORTODELISBOA

Noutras áreas, também já estão prometidos 3 milhões de euros para a organização da Web Summit, bem como para dois espaços que servirão a conferência (e não só).

São eles o novo Centro de Congressos do Parque das Nações, operacional em 2023, e o Pavilhão de exposições do Parque das Nações, a FIL, que terá de ser ampliado (uma das condições para a Web Summit continuar por Lisboa).

O que achas da forma como são utilizadas as receitas da taxa turística? Dá-nos a tua opinião através do Facebook e do Instagram.

Foto de capa: @visitlisboa