10 restaurantes em Lisboa com os melhores quitutes brasileiros - Lisboa Secreta
×

TIPO EM SUA PESQUISA E PRESSIONE ENTER

Carregando...
Restaurantes

10 restaurantes em Lisboa com os melhores quitutes brasileiros

By Valter Leandro Agosto 19, 2020

Feijoada, picanha e caipirinha estão entre as nossas preferências quando se fala em comida oriunda do Brasil. Mas há muito mais quitutes para provar. 🥘😋

Nós dizemos petiscos, os nossos irmãos do outro lado do Atlântico preferem o termo quitutes, mas no fundo querem dizer a mesma coisa. E como nós adoramos este tipo de iguarias, rápidas mas muito apetitosas, principalmente nestes dias quentes de verão.

Em Lisboa há muito Brasil por explorar. E, no que a comida diz respeito, há ainda tanto para provar, desde os clássicos até aos mais recentes paladares, como o açaí ou a tapioca.

@sara-dubler

Mas chega de conversa e vamos ao que interessa, com esta lista de botecos e restaurantes onde podes aguçar o apetite com sabor a Brasil, estejas tu com saudades da comida que samba, ou sejas um tuga que procura por sabores mais tropicais.

Boteco Dona Luzia

As Avenidas Novas ganharam um toque brasileiro desde que o Dona Luzia assentou arraiais na Avenida 5 de Outubro, em março de 2019. A casa deve o nome (e o sabor) à Dona Luzia, a cozinheira que dá a provar os grandes clássicos brasileiros, numa lista com mais de meia centena de pitéus.

Entre eles estão, por exemplo, o bolinho de carne envolvido em ovo panado, o dadinho de tapioca (servido com geleia de pimenta), a moqueca de peixe baiano. Aos sábados, há buffet de feijoada. Por isso, se gostas de feijoada, vem que tem! As sextas-feiras são dias de Sunset no Boteco com Happy Hour de cerveja e coxinhas, para celebrar com cerveja o final de uma semana de trabalho.

🗺️ Av. 5 de Outubro, 36 D (Saldanha)

@Boteco Dona Luzia

Comida de Santo

Este clássico brasileiro já existe em Lisboa há quase 40 anos (aberto desde 1981) e, mesmo assim, merece estar no topo da nossa lista. Situado junto ao Príncipe Real, dá a provar o melhor da comida baiana (e não só), desde os vatapás às moquecas, passando pelas feijoadas e pela sobremesa mais famosa da casa, o quindim. Nas bebidas, as caipirinhas e os sumos tropicais também fazem sucesso.

Se preferires, podes optar pelo “Me leva prá casa”, que é como quem diz, um take-away com gostinho brasileiro.

🗺️ Calçada Engenheiro Miguel Pais, 39 (Príncipe Real)

@Comida de Santo

Restaurante Geographia

No restaurante Geographia, nas Janelas Verdes, também se serve comida brasileira, mas não só. Conhecido como o restaurante lisboeta onde podes provar comida dos quatro cantos do Mundo, no Geographia vais poder experimentar cozinhas de todos os continentes por onde andaram os portugueses: Brasil, Angola, Cabo Verde, Goa, Macau, Moçambique, São Tomé e Timor-Leste.

Quanto aos sabores canarinhos, de certeza que vais provar, como entrada, as chips de mandioca (são as nossas preferidas) e, como refeição, podes escolher entre o Escondidinho de puré de mandioca com camarão e queijo catupiry caseiro, a Picanha com baião de dois e mandioca frita e, para terminar, o delicioso Quindim com gelado de manga. Ah, não te esqueças de pedir um dos cocktails da casa, como a Caipirinha Gabriela com cravo e canela.

🗺️ Rua do Conde, 1 (Santos/Janelas Verdes)

@Restaurante Geographia

Boteco Dona Beija

Este cantinho brasileiro fica na zona das Picoas e abriu portas em junho de 2018, trazendo do Brasil muitos petiscos na bagagem, como os dadinhos de tapioca com queijo coalho, as coxinhas de galinha, a picanha, os bolinhos de feijoada ou os bolinhos de arroz com carne seca. Nas sobremesas, o destaque vai para os brigadeiros.

Tudo isto vem acompanhado da melhor música brasileira e, claro, de um choppinho fresco ou uma caipirinha. Ah! E aos sábados há feijoada brasileira, em versão buffet.

🗺️ Avenida Duque de Loulé, 22b (Picoas)

@Boteco Dona Beija

Boteco da Dri

A ideia deste restaurante junto ao Cais do Sodré é levar-nos até aos botecos típicos do Rio de Janeiro, numa viagem sem clichés pelos sabores e pelo jeito carioca. Entre os pitéus da carta estão, por exemplo, os pastéis de vento de carne, a mandioca frita, o caldinho carioca (uma espécie de sopa com feijão) e a sandes de pernil com queijo e bacon, inspirada na do Cervantes, uma casa histórica do Rio de Janeiro.

Como não podia deixar de ser, também há pão de queijo, feijoada brasileira e picanha acompanhada por arroz e farofa. Se passares por lá, não deixes de admirar o mural no exterior do edifício, assinado pela artista Jacqueline de Montagne, que simboliza a imagem feminina e o ambiente tropical.

🗺️ Cais Gás, 19 (Cais Do Sodré)

@Boteco da Dri

O Boteco

É um dos mais recentes restaurantes no Chiado e pertence ao Chef Kiko Martins, que trouxe a esta zona da cidade o melhor em quitutes que o Brasil tem para oferecer em terras lusas. Fica em pleno Largo Camões e assim que entras é impossível não ficares boquiaberto com a decoração, principalmente com o gigante lustre feito de garrafas e com a instalação de Bordalo II, um barco que faz a ligação entre as duas principais cidades de Portugal e Brasil, Lisboa e Rio de Janeiro.

Nos pratos tanto poderás saborear a tradicional Feijoada à Brasileira, o Escondidinho de Pernil ou a Picanha, como experimentares algo mais simples e rápido: Croquetes de Feijoada à Brasileira, Croquetes de Cozido à Portuguesa ou Pastel de Vento Recheados.

🗺️ Praça Luís de Camões, 37 (Chiado)

@oboteco_chefkiko

OHLINDA

Fica na zona da Estrela uma das melhores representantes da tapioca em Lisboa, uma moda que pegou (e de que maneira) em Portugal. Aqui servem-se as tapiocas originais, oriundas da cidade de Olinda, no Nordeste brasileiro, mas também outras versões mais contemporâneas. Da lista, sugerimos a tapioca de camarão temperado ou a de salmão fumado com queijo creme, apenas para darmos alguns exemplos.

Além das tapiocas, também podes pedir açaí bowls, smoothies e saladas!

🗺️ Calçada da Estrela, 177

@ohlindatapiocaria

Fogo de Chão

Aí está um daqueles sítios onde podes passar (quase) o dia inteiro a comer. E dizemos-te ainda mais: não te vais arrepender nem por um segundo. A única dica é: se puderes ter o resto do dia livre, melhor, porque vais sair de barriga (bem) cheia.

A tradição do Fogo de Chão vem do Rio Grande do Sul, o Estado brasileiro que tem mais tradição a preparar carne. É por isso que os restaurantes deste grupo prometem “o verdadeiro churrasco gaúcho”, com “os melhores cortes de carnes do Mundo”. E os lisboetas renderam-se de tal forma que, só na capital, já há três espaços restaurantes Fogo de Chão.

🗺️ Av. Elias Garcia, 13 (Campo Pequeno) | Rua Martens Ferrão, 28A (Picoas) | Rua Artilharia 1, 51 (Páteo Bagatela)

@Fogo de Chão

A Lanchonete

É um daqueles sítios com quitutes brasileiros que não engana, aberto desde 1986. Hambúrgueres (com o sabor mais típico do Brasil), pastéis de vento à moda de São Paulo, pão de queijo e mini coxinhas de galinhas estão entre as especialidades desta casa.

E claro, apesar do calor, sabe tão bem uma Feijoada à Brasileira para acomodar o estômago e as saudades de casa. Mas as novidades apetitosas não se ficam por aqui, por isso, a partir de 24 de agosto vai até lá.

🗺️ Rua Pinto Ferreira, 5A (Belém)

@A Lanchonete

Chica Chica Boom

Três amigas brasileiras a viver em Lisboa resolveram meter as mãos na massa e abrir este delicioso restaurante em Alcântara. Mas Jéssica, Carla e Gabriela queriam apostar em algo novo e, vai daí, no Chica Chica Boom vais poder provar refeições pouco habituais: Pica-pau com corações de galinha, Sandes de Carne de Panela ou o Escondidinho de Vazia.

Mas se quiseres mesmo comida mais típica, também vais encontrar as coxinhas, o pão de queijo e, claro, Feijoada à Brasileira às sextas-feiras.

🗺️ Calçada Santo Amaro 6 (Alcântara)

@chicachicaboom_lisboa