Queres ganhar um rendimento extra? Estende a roupa - Lisboa Secreta
×

TIPO EM SUA PESQUISA E PRESSIONE ENTER

Carregando...
Notícias

Queres ganhar um rendimento extra? Estende a roupa

By Inês Santos Setembro 19, 2019

Imagina que, só por estenderes a roupa, ganhavas vários bónus financeiros! Sim, isso vai ser possível se fores residente na zona histórica de Lisboa. A iniciativa envolve marcas que darão um benefício financeiro aos moradores se estes colocarem peças com publicidade no seu estendal.

Criado em 2019, o projeto Estende a Renda define-se como “uma rede de anúncios estendidos contra a gentrificação”. Devido à dinâmica atual do universo imobiliário e dos alojamentos locais, o centro histórico de Lisboa perdeu grande parte dos seus moradores e os que ficam são obrigados a pagar rendas bem mais elevadas.

Citando dados da página da iniciativa, “nos últimos três anos, registou-se um aumento de 400% no número de alojamentos locais e só no bairro de Alfama já existem mais de 1700, fazendo as rendas disparar entre 30% a 40%, atingindo valores que representam 90% do salário médio de um português”.

Para tentar minorizar esse problema, o Estende a Renda propõe dinamizar os estendais destas zonas, tão típicos da arquitetuta lisboeta, e torná-los em autênticos expositores de anúncios. Ao estender peças de roupa com publicidade das marcas aderentes, os moradores poderão obter um rendimento extra “de um espaço que já é seu e tentar minimizar o aumento das rendas”.

Alfama é o bairro prioritário para esta primeira fase da intervenção e o Minipreço foi a primeira marca a aderir à iniciativa. Foram distribuídas várias peças com publicidade à cadeia de supermercados e os moradores que as estenderem no estendal, ganham, a cada duas semanas, um vale de 50€ para usar nas lojas da marca. 

De realçar que o projeto tem ainda uma vertente interventiva, já que pretende também fabricar soluções conjuntas com entidades públicas e tentar inspirar outras empresas a apresentarem respostas para esta problemática urbana e habitacional.

Se ficaste interessado, consulta o site e junta-te a esta rede na procura de uma solução para a gentrificação!

Foto de capa: unsplash.com/@xnahmias