Os melhores programas para julho de 2019

Roteiro com as sugestões imperdíveis do mês

Depois de um início tímido, o verão promete chegar em força durante o mês de julho e puxar-te para a rua, atrás de festas e festivais, sunsets, cinema ao ar livre, passeios pela cidade e muito mais.

O difícil é escolher entre tantas propostas, por isso damos-te uma ajuda ao fazer esta lista de 10 eventos que não podes faltar. Marca-os já todos na agenda porque o melhor de Lisboa passa por aqui.

1. Pirate Boat Party (3 de julho)

Depois do sucesso da primeira edição, a festa pirata mais famosa de Lisboa está de regresso ao Tejo com muita música e bar aberto de rum durante uma hora. O assalto ao rio está marcado para 3 de julho, dia em que vai navegar de Belém à Praça do Comércio e entre as margens Norte e Sul.

A embarcação larga amarras do Cais da Rocha Conde de Óbidos (Alcântara) às 19h00, mesmo a tempo do pôr-do-sol, e só regressa ao ponto de partida já com a noite cerrada, às 23h00.

Foto: Ringo Giacobelis

2. Lusco Fusco (a partir de 4 de julho)

O Polo Cultural Gaivotas, em Santos, recebe a quarta edição de um festival cheio de sugestões gratuitas, ao lusco-fusco e não só. O cartaz deste ano conta com as habituais sessões de cinema ao ar livre, concertos, performances, peças de teatro e jantares temáticos.

O programa arranca no dia 4 de julho, com um DJ set e concerto e só termina quase no final do verão, a 12 de setembro. A entrada é livre, mas está sujeita à lotação do pátio.

Foto: @poloculturalgaivotas

3. Cine Conchas (4 a 13 de julho)

Em julho, os filmes ao fresco e na calada da noite voltam à Quinta das Conchas (Lumiar) para mais duas semanas de Cine Conchas, como sempre com entrada gratuita. Na primeira semana de julho, a Quinta das Conchas vai receber mais três filmes: “Todos Sabem”, de Ashgar Farhadi (4 de julho); “Viúvas, de Steve McQueen, dia 5, e Green Book”, no dia 6.

Para fecho de cartaz, foram escolhidas as películas “Guerra Fria, de Pawel Pawlikowski, dia 11; “Bohemian Rhapsody, de Bryan Singer e Dexter Fletcher, a 12 de Julho; e o filme de animação “Como Treinares o Teu Dragão”: O Mundo Secreto, de Dean DeBlois, exibido a 13 de julho.

Foto: @cineconchas

4. Festival MUSA (4 a 6 de julho)

Um dos melhores festivais de reggae em Portugal tem regresso marcado em Carcavelos, mesmo ao lado da praia, nos dias 4, 5 e 6 de julho.  Inserido no circuito mundial de reggae, o MUSA Cascais é paragem obrigatória para grandes nomes do meio, como Dub Inc, Capleton, Morgan Heritage, Maneva, Horace Andy, Fanta Mojah, Queen Ifrica, Samoy I, Mato Seco, Orlando Santos, Jahvai e Joydan.

Além do Main Stage, o festival conta ainda com a irreverência de outros dois palcos: a Bass Station e a Dub Arena.

5. Crimes de Lisboa by Cerveja Trindade (6 e 13 de julho)

Esta caminhada noturna pelas ruas de Lisboa revela-te o lado mais sombrio e sangrento da história da cidade. O próximo tour está marcado para 6 de julho e volta a ter como guia o atorMarco Pedrosa, que promete contar “histórias de psicopatas, assassinatos e os eventos mais trágicos ocorridos na cidade”.

Durante uma hora e meia, das 21h30 às 23h00, vai levar-te pelas ruas da Baixa, Alfama, Castelo, Mouraria e Chiado, entre outros locais que testemunharam episódio negros da cidade. No final, há uma cerveja para todos os participantes. Se não puderes ir nesta data, tens mais uma oportunidade a 13 de julho.

6. NOS Alive (11 a 13 de julho)

Durante três dias, de 11 a 13 de julho, o Passeio Marítimo de Algés (Oeiras) volta a servir de palco a algumas das maiores estrelas da música mundial. Entre os nomes que passam pela 13ª edição do NOS Alive destacam-se The Cure, dia 11; Vampire Weekend e Gossip, no dia 12; e Smashing Pumpkins, Bon Iver e Chemical Brothers, estes três no dia 13.

Mas o maior festival nacional tem muito mais para ver e ouvir, por isso aqui ficam apenas alguns dos concertos que não vais perder: Weezer, Tom Yorke, Cut Copy, Ornatos Violeta ou Camané.

Foto: @NOSalivePortugal

7. Nego do Borel – 13 de julho

Se gostas de funk, de certeza que vais querer ir ao concerto de um dos maiores fenómenos do funk brasileiro: Nego do Borel. O autor de sucessos como “Me Solta” ou “Você Partiu Meu Coração” (400M de visualizações no Youtube) regressa a Portugal para um espetáculo cheio de ritmo no LAV – Lisboa ao Vivo (Av. Infante Dom Henrique, Armazem 3).

“Esqueci Como Namora”, “Contatinho”, “Janela Aberta”, “Eu Vacilei Mas eu te Amo”, “Me Solta” ou “Pega Pega” são alguns dos temas que marcam a carreira de um dos artistas brasileiros preferidos dos portugueses.

Foto: @negodoborel

8. A Festa da Lua (16 de julho)

O rooftop do Ferroviário, em Santa Apolónia, estreia a 16 de julho as novas Festas da Lua, que terão a atriz Luana Piovani como anfitriã, em parceria com a marca Amázzoni Gin. Ambas, prometem trazer um toque de tropicalismo a Lisboa com “noites divertidas, música de qualidade, pessoas interessantes e, claro, bons drinks”.

A noite começa às 20h00 e prolonga-se até às 2 da madrugada, ao som do grupo Carapaus Afrobeat e do DJ Levy (com convidados). Depois do Ferroviário, a Festa da Lua segue para a Caparica, onde estão no dia 15 de agosto, e fecham o verão na Comporta, a 14 de setembro (neste caso, só para convidados).

9. Festas do Quiosque da Ribeira das Naus (25 de julho)

Uma vez por mês, o Quiosque da Ribeira das Naus organiza uma festa gratuita ao som de música eletrónica, com DJs escolhidos a dedo pela editora Assemble Music. Em julho, acontece no dia 25, uma quinta-feira, entre as 17h00 e as 23h00, com os DJs Voigtmann, João Maria, Fernando Martinez e Mary B.

Nos mês seguintes, estão marcadas para 29 de agosto (Onirik, Joao Maria, Diogo Lacerda e André Leiria) e 19 de setembro (Reedale Rise Live, Joao Maria, Miguel Neto e Mary B).

Foto: @RibeiradasNausLisboa

10. Michael Bolton (25 de julho)

O eterno Michael Bolton regressa a Portugal, desta vez com encontro marcado no Altice Arena, para apresentar o seu novo disco – “A Symphony of Hits”.

Com mais de 20 anos de carreira e 65 milhões de discos vendidos, o cantor e compositor promete derreter corações ao tocar também os sucessos de sempre, como “How Am I Supposed to Live Without You” ou “When a man loves a woman”.

Foto: @culto.latercera.com

Foto de capa: Ringo Giacobelis

Tags:

';return t.replace("ID",e)+a}function lazyLoadYoutubeIframe(){var e=document.createElement("iframe"),t="https://www.youtube.com/embed/ID?autoplay=1";t+=0===this.dataset.query.length?'':'&'+this.dataset.query;e.setAttribute("src",t.replace("ID",this.dataset.id)),e.setAttribute("frameborder","0"),e.setAttribute("allowfullscreen","1"),this.parentNode.replaceChild(e,this)}document.addEventListener("DOMContentLoaded",function(){var e,t,a=document.getElementsByClassName("rll-youtube-player");for(t=0;t