×

TIPO EM SUA PESQUISA E PRESSIONE ENTER

Carregando...
Notícias

Há novas regras para acederes às tuas praias favoritas

Valter Leandro Valter Leandro - Editor

pessoas na praia em Lisboa

Depois do anúncio das regras de reabertura dos espaços culturais e dos restaurantes, chegou a vez das praias. 🏖️

Primeiro foram as creches e os centros comerciais, e entretanto os espaços de cultura e os restaurantes. Mas o mais recente plano de desconfinamento em Portugal diz respeito às praias que, com a chegada do verão, serão um dos principais focos de preocupação em virtude da pandemia do coronavírus.

Agora, decretado o Estado de Calamidade, são muitas as restrições já levantadas, assim como começam a ser conhecidas algumas das principais regras por que todos nos devemos reger no futuro, sobre a consequência de que, se facilitarmos, podemos incorrer numa segunda vaga da pandemia. E isso, convenhamos, ninguém deseja.

O mais recente documento apresentado pelo governo português com as novas regras para fazer face a esta pandemia diz respeito à época balnear, que terá início no próximo dia 6 de junho. Era um dos mais aguardados, ou não tivessem todos os portugueses ansiosos por saber como seriam todos os procedimentos para desfrutar das suas praias preferidas este ano:

Publicidade

Utilização do areal

  • Distanciamento de 1,5 metros entre utilizadores (que não façam parte do mesmo grupo ou, por exemplo, família;
  • Chapéus de sol devem estar a 3 metros;
  • Atividades desportivas com mais de 2 elementos são estritamente proibidas, exceto se for no mar, em aulas de surf ou desportos semelhante.

Toldos, colmos e barracas

  • Cada pessoa ou grupo poderá alugar meio dia, ou de manhã até às 13h30, ou de tarde a partir das 14h;
  • Toldos e colmos devem respeitar uma distância de 3 metros entre eles. As barracas implicam um limite de 1,5 metros entre elas;
  • Cada um destes equipamentos só poderá albergar 5 pessoas.

Sinalética de ocupação das praias

  • Em cada praia poderá existir um novo formato de sinalética que indicará o estado da sua ocupação: Verde – ocupação baixa (1/3); Amarelo – ocupação elevada (2/3); e Vermelho – ocupação plena (3/3);
  • Esta informação será disponibilizada em tempo real, na Internet e através da aplicação móvel “Info Praia”, que podes descarregar aqui para Android ou aqui para iOS da Apple;
  • O estacionamento fora dos parques e nos lugares criados para o efeito estão proibidos.
Sinalética de ocupação das praias
@Smart City Sensor

Como de deverá circular a partir de 6 de junho

  • Deverão existir circuitos de circulação único com distanciamento de 1,5 metros, que podem ser delineados ao longo da linha da costa.

Bares, restaurante e esplanadas

  • Todos os espaços comuns devem ser higienizados com um mínimo de 4 limpezas diárias;
  • Cada um destes espaços deve estar limitado à sua capacidade;
  • Esplanadas e áreas de concessão dos apoios de praia poderão sofrer de reformulações de forma a manter o distanciamento entre mesas.

Venda ambulante

  • Todos os vendedores devem estar munidos de máscaras e viseiras de proteção quando no contacto com os seus clientes;
  • A circulação dos vendedores deve ser realizada nos circuitos de circulação, mantendo a distância de 1,5 metros.

Equipamentos de apoio e de recreação

  • Equipamentos como gaivotas, escorregas e chuveiros interiores serão interditos;
  • Chuveiros, espreguiçadeiras, colchões ou cinzeiros de praia devem ser higienizados todos os dias, ou sempre que ocorra a troca entre utilizadores.
praia em lisboa, com uma lancha em primeiro plano
@chris-barbalis

Regras gerais para todos os utentes

  • O documento proposto pelo governo revela que se apliquem todas as recomendações necessárias para o bom uso dos equipamentos de praia por parte de todos os seus utentes, nomeadamente as devidas precauções de higiene aquando da sua utilização, como por exemplo ter sempre as mãos limpas e desinfetadas;
  • Da mesma, deve aplicar-se o bom senso de todos: se uma praia estiver na sua capacidade elevada ou plena, os utentes devem procurar por zonas de praia sinalizadas a verde;
  • Deve ainda promover-se o distanciamento social sempre que possível.

A não aplicação das novas regras pode levar à interdição da praia ou concessionário, pelo que está na mão de todos fazer com que estes procedimentos sejam religiosamente executados.

Foto de capa: @elio-santos