×

TIPO EM SUA PESQUISA E PRESSIONE ENTER

Carregando...
Notícias

Uma nova fase de desconfinamento: o que muda em Lisboa e no país

Carolina Bessa Carolina Bessa

nova fase de desconfinamento

Descobre o que reabre nesta nova fase.

A pandemia do novo coronavírus fez parar o país e o mundo. Após quase três meses parado, o país começou a retomar alguma atividade em maio, sempre a par da evolução da pandemia.

Apesar de se ter verificado, no resto do país, uma estabilização do número de internados e casos novos da COVID-19, na região de Lisboa e Vale do Tejo, atualmente, registam-se a maior parte dos novos casos de infetados, tendo, por isso, atrasado o processo de desconfinamento.

Os centros comerciais, por exemplo, estavam previstos reabrir no dia 1 de junho, o que aconteceu no resto do país. Contudo, na região de Lisboa e Vale do Tejo, isto apenas aconteceu na passada segunda-feira, dia 15 de junho. Este era o dia previsto para o início de uma nova fase de desconfinamento.

Assim, estas são as principais mudanças e reaberturas que já podem acontecer a partir desta semana:

Publicidade

  • São permitidos ajuntamentos até 20 pessoas;
  • Reabrem centros comerciais e lojas com área superior a 400m2;
  • Podem reabrir escolas de línguas e centros de estudo e explicações;
  • Reabrem parques aquáticos;
  • Ginásios podem abrir antes das 10h da manhã;
  • Lotação de TVDE’s alargada para dois terços.

Relembramos que a pandemia continua e que todos os cuidados são imprescindíveis para que o retorno à normalidade seja possível. Por isso, devemos continuar a respeitar as regras de higiene, segurança e etiqueta respiratória e a cumprir as recomendações do Governo e da Direção-Geral da Saúde.

Foto de capa: flickr.com/Tranos Stefanos