×

TIPO EM SUA PESQUISA E PRESSIONE ENTER

Carregando...
Cultura

Local Sounds: jovens estrelas da música nacional reúnem-se no TOPO Chiado

Inês Santos Inês Santos

Local Sounds: jovens estrelas da música nacional reúnem-se no TOPO Chiado

Depois de várias edições bem sucedidas, o Local Sounds regressa dia 28 de setembro a um dos rooftops mais incríveis da cidade. A 6ª edição do mini-festival acontece no TOPO Chiado e junta sete jovens talentos emergentes da música nacional. Boa música, o pôr-do-sol e uma vista deslumbrante da cidade de Lisboa: imperdível!

Depois de uma sessão incrível em abril no TOPO Chiado, o Local Sounds regressa a este incrível rooftop para dar a conhecer o talento dos artistas emergentes que têm impressionado Lisboa. Em comum, estas jovens estrelas musicais têm a paixão e o talento inapto para a música e, juntos, vão ser os protagonistas de um fim de tarde e noite mágicos, num ambiente descontraído e bem divertido. Se gostas de música, és apaixonado por bons momentos entre amigos e queres celebrar o sol que ainda dura, este evento é para ti (e ainda te oferecemos 1 bebida para brindares ao melhor da vida)!

Reserva já o teu lugar!

Esta edição do Local Sounds no TOPO Chiado acontece no dia 28 de setembro, entre as 18h00 e as 00h00, e serão sete os concertos que o evento te oferece, com sonoridades que vão do pop ao jazz. Para ficares a saber quem é quem neste desfile de jovens prodígios da música, deixamos-te as biografias dos sete artistas desta 6ª sessão.

João Oliveira Duarte

“Tens um parafuso a menos”, o famoso comentário que melhor descreve o Josh, sim ele chama-se João, mas fora de casa o nome dele é Josh. Interativo e à vontade, nunca temeu socializar, ou mostrar a sua paixão, esta que é a música.

Na sua infância, quando em público, perguntava para qualquer indivíduo, sem inibições “queres-me ouvir cantar?”. E foi essa determinação que mais tarde o levou a participar no programa televisivo “Factor X”, no qual chegou até à sexta gala, disposto a mostrar tudo o que tinha a dar.

Hoje, com a voz mais amadurecida e com a sua autenticidade, apresenta-se para este evento do Local Sounds.

>> Vê vídeo do João Oliveira Duarte.

Rosa Lobo Antunes

Desde muito cedo que se envolveu no mundo da música, entrou no conservatório, e vai de vento em popa por esse caminho. O porquê deste futuro? Para conseguir conectar, e apoiar as pessoas através deste imenso universo, que é a música.

Tem uma página de covers no Instagram, onde se percebe que esta rapariga de 16 anos faz o que ama.

Da sua personalidade, diz ser alegre, sincera, e uma ótima amiga. Gosta de churrascos, sair à noite. Mas o que realmente a cativa é sem sombra de dúvida a música.

>> Vê o vídeo da Rosa Lobo Antunes. 

Cabo

Cabo não descobriu a paixão pela música desde criança, mas desde criança que é artista. Começa agora a dar os primeiros passos no mundo da música aproveitando a sua jovialidade  na criação de novas sonoridades. Vê na música a banda sonora para uma vida boémia e convívios madrugadores. Fará a sua estreia ao vivo no Local Sounds onde vai apresentar as músicas o seu primeiro EP que sairá no final de 2019.

>> Vê o vídeo do Cabo.

Carlota Ulrich

Carlota Ulrich tem 17 anos e vai entrar este ano na Faculdade, no curso de Marketing e Publicidade. Desde sempre que a música fez parte da sua vida. Quando era pequenina, gostava de reunir toda a família para a ouvirem cantar. Mais tarde, percebeu que talvez quisesse aprofundar este gosto e começou a ter aulas de canto. O gosto por este mundo foi-se tornando cada vez maior, e acabou por perceber que se interessava também pelo teatro, e participou em 3 teatros musicais. Acabou este ano o 2º ano do curso de Jazz no Hot Clube Portugal.

Espera que a música se mantenha presente no seu dia-a-dia como esteve até agora. Carlota orgulha-se em fazer parte deste evento que explora as vozes e os talentos do nosso país.

Publicidade

>> Vê o vídeo da Carlota Ulrich.

Mariana Bello

Mariana Bello tem 20 anos. Desde sempre que a música faz parte da sua vida – apesar de aos oito anos ter o sonho de aprender a tocar bateria, foi no violino que tudo começou. Aos quinze anos juntou a alegria da música aos palcos do teatro, e estreou-se pela primeira vez em teatro musical, algo que também nunca mais largou. Diz ser curioso como tudo se torna melhor com música!

A estudar comunicação, vive a vida na correria entre salas de ensaio, casa, universidade e amigos, e é nestes encontros com o outro que acredita que mora a beleza da vida. 

Dedicada ao seu jeito, vai fazendo mesmo quando ninguém dá por isso. Dias stressantes há poucos, em maioria dias cor de rosa. O que gosta mesmo é de tempo aproveitado, e bem – cada momento à sua maneira.

>> Vê o vídeo da Mariana Bello.

Fred Vilar

A viver em Portugal há 3 anos e meio, Frederico Vilar, de 22 anos encontrou o seu hobbie principal, a música, em muito do que faz na terrinha.

Tendo antes participado de uma banda de covers no Brasil (2009 a 2016), terra onde passou 16 anos de sua vida, Frederico entrou logo em escolas de música, primeiro a Academia Improviso, tendo que ir depois para o Musicentro do Estoril com a mudança de localidade da escola antiga.

Sempre tendo aulas de guitarra, canto e combo, entusiasmou-se a participar de audições do Musicentro, onde ganhou força para seguir. Ao mesmo tempo cursa Tecnologias da Música, na Escola Superior de Música de Lisboa, onde frequenta o 4º ano de curso.

>> Vê o vídeo do Fred Vilar.

Diogo Caeiro

Diogo Caeiro, 20 anos, Cascais. Atualmente a tirar o curso de Relações Públicas e Comunicação Empresarial, andou no conservatório de música durante 5 anos, fez parte do coro da câmara de Cascais, participou num musical “Sobre Rodas” e toca guitarra e piano.

Sete concertos, uma bebida grátis, diversão infinita. Compra já o teu bilhete! 

Foto de capa: unsplash.com/@cedrikm