×

TIPO EM SUA PESQUISA E PRESSIONE ENTER

Carregando...
Notícias

Lisboa vai ter os primeiros semáforos para daltónicos do mundo

Valter Leandro Valter Leandro - Editor

Lisboa vai ter os primeiros semáforos para daltónicos do mundo

O novo equipamento integra símbolos que permitem aos daltónicos a leitura certa de cada semáforo.🚦👏

A notícia foi avançada pelo Jornal de Notícias, que adianta ainda que os semáforos para pessoas daltónicas vão chegar a outras cidades portuguesas e mundiais, sendo que Lisboa será a primeira no mundo a testar estes revolucionários equipamentos.

O cruzamento da Avenida da República com a Avenida Duque de Ávila, e mais três cruzamentos nesta área, foram as zonas escolhidas para receber os quatro novos semáforos.

Nestas passadeiras, quando os semáforos acenderem para os peões vão agora ver-se símbolos discretos, que vão passar despercebidos a muitos, mas que farão uma grande diferença para quem padece desta condição.

Foto por Mat Kedzia

Aos mais recentes equipamentos vão ser aplicados o código ColorAdd, que é um sistema de identificação de cores inventado pelo português Miguel Neiva, e que em breve deverá também a chegar a outras cidades do país, como Amadora, Loures, Porto, além de também a outras capitais europeias, como Madrid.

No sistema de cores inventado pelo professor da Universidade do Minho, ao vermelho está associado um triângulo e ao verde uma diagonal por cima de um triângulo.

Publicidade

Com este sistema, quem tiver daltonismo facilmente identificará a cor do semáforo, situação que poderá ser um importante passo para a segurança rodoviária de todos na cidade, tornando-a mais inclusiva.

Sistema de identificação de cores inventado por Miguel Neiva | Foto por ColorADD

O projeto ainda está numa fase piloto, e a parceria entre a EMEL, a ColorADD e a ETRA (que fabrica os semáforos) pretende retirar deste primeiro teste as conclusões que possibilitem levar esta tecnologia a cada vez mais cidades espalhadas pelo país e pelo mundo.

Foto de capa: Jeshoots