×

TIPO EM SUA PESQUISA E PRESSIONE ENTER

Carregando...
Notícias

Lisboa é considerada uma das 100 cidades do mundo mais caras para se viver

E esta notícia não nos surpreende.

LISBOA SECRETA LISBOA SECRETA

Lisboa é considerada uma das 100 cidades do mundo mais caras para se viver

Não passa um dia sem ouvirmos alguém a queixar-se do preço das rendas, a dizer que procura uma casa ou um quarto, ou que o senhorio pediu a casa de volta. Esta é a realidade preocupante em Lisboa, e o Estudo Global da Mercer publicado ontem (25.06.18) só confirma o que já sentimos na pele.

Não precisávamos de números oficiais, mas mesmo assim, é bom tê-los. O Estudo Global da Mercer apresentou um ranking do custo de vida em 209 cidades, e mostra que Lisboa ocupa agora a 93ª posição, sendo que no ano passado, ocupava o número 137 da lista.

O relatório confirma que Lisboa “conhece a maior subida de sempre”, desde que a Mercer começou a realizar este estudo. A empresa publica este relatório todos os anos, com o objetivo de fornecer informações a multinacionais sobre o custo de vida de funcionários expatriados. Desta forma, as empresas conseguem saber como compensar os profissionais que mudam de país.

Publicidade

O relatório considera preços de bens, serviços, variação do valor da moeda, transporte, comida, entretenimento, alojamento, etc. Ou seja, não é apenas o preço das rendas que fez com que Lisboa mudasse rapidamente de lugar neste ranking, a subida recorde é causada pelo aumento nos custos de vida como um todo. Da renda ao café, da bifana à mariscada.

A mesma empresa (Mercer), este ano, publicou também um ranking de qualidade de vida, que indica que Lisboa subiu cinco posições em relação ao ano passado, porém, resta a pergunta – a que preço? 🤔  

P.S.: Esperamos que Lisboa nunca chegue ao nível de Hong Kong, onde uma renda de um T2 pode valer até 10.800.