×

TIPO EM SUA PESQUISA E PRESSIONE ENTER

Carregando...
Gastronomia

KOI Sushi Saldanha: Fusão e tradição com um toque de mestre

Nelson Rodrigues Nelson Rodrigues

KOI Sushi Saldanha: Fusão e tradição com um toque de mestre

Longe vão os tempos em que os portugueses desconfiavam de tudo o que era comida crua, ficavam de olhos em bico sempre que tinham de usar pauzinhos e achavam que o wasabi estava ali só para enfeitar.

Nos últimos 10/20 anos, os restaurantes japoneses começaram a aparecer como cogumelos e agora já não conseguimos viver sem eles. Mas também ficámos mais exigentes. Percebemos que não basta pôr uma fita na cabeça e conseguir enrolar arroz para saber muto de comida nipónica.

Então, como separar o trigo do joio? A Lisboa Secreta dá-te uma dica que funciona quase sempre: descobrir onde estão os melhores chefs.

Foi isso mesmo que nos levou a este KOI Sushi Saldanha. À primeira vista seria só mais um dos muitos restaurantes japoneses desta zona, mas o nome António Romão despertou um click nas nossas (melhores) recordações gastronómicas.

Foto: Nelson Jerónimo Rodrigues

Sim, foi ele o responsável pelo famoso Sushic, em Almada, mas também pelo Sushi Time, na mesma cidade, ou pelo Suntory Picoas, já em Lisboa. Agora, desde setembro de 2018, que este mestre sushiman está aos comandos do KOI Sushi Saldanha, acompanhado pelo chef José Sousa, igualmente com décadas de experiência nesta arte.

O restaurante está aberto desde o início do ano, mas a chegada do nosso chef trouxe um novo conceito, com produtos de melhor qualidade e uma grande aposta no sushi de fusão, a principal especialidade de António Romão.

O quê, a tua onda é mais sushi tradicional ou pratos quentes? Não há problema. Este brasileiro também está à vontade em ambos, ou não tivesse ele aprendido todas as técnicas com um mestre japonês (Ricardo Hideo Yokota) radicado em São Paulo.

Queres descobrir a arte do chef Romão? Reserva aqui uma mesa no KOI Sushi Saldanha.

Uma das principais atrações deste restaurante tem sido o all you can eat, disponível tanto ao almoço como ao jantar, mas também é possível pedir à carta. E aí, há muito por onde escolher. Vamos dar uma espreitadela à ementa?

Publicidade

Foto: @sushisaldanha

Só nas entradas, vais encontrar quase uma dezena de opções, como sopa miso, gyosas, poke bowl ou mesmo ceviche. Depois surgem sete pratos quentes, com destaque para o yakisoba de frango ou para a tempura de legumes.

É claro que não podiam faltar o sashimi, os temaki e os niguiri, mas também há gunkan, maki, hot rolls e rolos. Juntos, oferecem-te mais meia centena de sugestões, que provam não só uma técnica de corte apurada, mas também a tal criatividade e irreverência que são a imagem de marca do sushi de fusão de António Romão.

Entre tantas tentações, o difícil é escolher, por isso aqui ficam duas propostas de menus para descobrir a dois: preferes 50 peças + uma surpresa do chef ou 44 peças e outra surpresa?

Foto: Nelson Jerónimo Rodrigues

Seja qual for a tua opção, vais encontrar sushi de qualidade, um espaço agradável e com atendimento simpático, a começar pelo próprio chef.

Na hora da despedida, ele faz questão de dizer “até à próxima”, porque sabe que quem vai uma vez ao KOI, acaba sempre por regressar. Connosco foi o que aconteceu. E tu, quando é que queres experimentar?

Morada:
 Rua Filipe Folque, 75A

Foto de capa: Nelson Jerónimo Rodrigues