×

TIPO EM SUA PESQUISA E PRESSIONE ENTER

Carregando...
Cultura

5 filmes gravados em Lisboa

Valter Leandro Valter Leandro - Editor

5 filmes gravados em Lisboa

Costumamos dizê-lo por aqui várias vezes: Lisboa é linda! E, para estes realizadores de cinema, também é cinematográfica. 🎥😎

Já há muito tempo que Lisboa não recebe uma grande produção cinematográfica. A última equipa de filmagens a passar pela cidade, em setembro, foi a da La Casa de Papel, série pela qual aguardamos a quinta e última temporada.

Para encontrar um dos últimos filmes já gravados na cidade, tivemos de regressar até 2013. Mas encontrámos outros quatro, em anos anteriores, que temos a certeza que irás gostar de conhecer:

1 –  A Casa dos Espíritos, em 1993

Somos fãs de Meryl Streep e, por isso, tínhamos mesmo de começar pela adaptação de Bille August ao romance de Isabel Allende. É que além dela, também participaram outras estrelas de Hollywood como Jeremy Irons, Glenn Close, Winona Ryder e Antonio Banderas.

Além de grande parte das filmagens terem sido realizadas em Lisboa, a gravações também passaram por Vila Nova de Milfontes, no Monte das Três Marias, no Alentejo.

2 – Comboio Nocturno para Lisboa, em 2013

Este filme tinha mesmo de ter sido filmado em Lisboa, uma vez que a viagem começa na cidade.

20 anos depois de ter filmado “A Casa dos Espíritos”, o realizador Bille August volta à capital portuguesa para gravar este romance/thriller, que tem nos principais papéis Jeremy Irons, e os atores portugueses Beatriz Batarda, Nicolau Breyner e Marco d’Almeida.

A estação de Santa Apolónia, o Cais de Belém, o Cemitério dos Prazeres, a Igreja da Cartuxa (em Caxias) e um pequeno bar (transformado em mercearia) na Bica são os principais focos da câmara deste realizador, nesta sua segunda passagem pela nossa cidade.

3 – 007 – Ao Serviço de Sua Majestade, em 1969

Por esta não esperavas, mas é verdade, o agente mais conhecido dos grandes ecrãs, o 007, já passou pelas ruas de Lisboa.

Infelizmente não tivemos o prazer de receber o recentemente falecido Sean Connery a fazer de James Bond na cidade. Esse papel ficou a cargo de George Lazenby, que teve o prazer de passar pelo Guincho, pela Quinta do Zambujal em Setúbal e por Cacilhas.

Publicidade

O Rossio em Lisboa, e o Hotel Palácio, no Estoril, também mereceram honras de destaque no sexto filme da saga 007.

 

4 – A Casa da Rússia, em 1990

Não esteve por cá na altura do sexto filme de 007, mas a verdade é que Sean Connery passou pelo Príncipe Real para desempenhar o papel de editor britânico/espião reformado com estranhos negócios na União Soviética.

As gravações mostram uma cidade mais turística onde é possível admirar vários monumentos lisboetas.

5 – Viagem a Lisboa, em 1994

Já com o estatuto de realizador de cinema bem firmado, Wim Wenders regressa a Lisboa para gravar “Viagem a Lisboa”, um dos seus filmes mais criticados, por se pensar que na altura estava numa fase de pouca inspiração.

Com ou sem inspiração, a verdade é que o realizador acabou por fazer uma viagem poética por Lisboa, ao mesmo tempo que refletia sobre o fenómeno do cinema, com principal incidência no som e na imagem.

A banda sonora pertence aos Madredeus, que também aparecem na rodagem, assim como o nosso distinto Manoel de Oliveira.

 

E tu. Já viste algum destes filmes?

Foto de capa: @hoch3media