×

TIPO EM SUA PESQUISA E PRESSIONE ENTER

Carregando...
Cultura

Festival Iminente: o regresso explosivo ao Panorâmico de Monsanto

De 19 a 22 de setembro, há nova edição do evento que celebra a cultura urbana emergente

Inês Santos Inês Santos

Festival Iminente: o regresso explosivo ao Panorâmico de Monsanto

Música, artes visuais, debates, performances, instalações, tatuagens, diálogos multidisciplinares e criações do presente com os olhos postos no futuro: tudo isto no festival que espelha a atmosfera criativa multicultural que se faz sentir na capital. Bem-vindos à 4ª edição do Iminente, com Lisboa no horizonte e muita provocação artística!

Depois de ter andado em digressão pelo mundo inteiro, o Festival Iminente volta ao país que o viu nascer. Lisboa volta a ser palco deste evento que casa na perfeição a música com a arte urbana, sob o mote da diversidade cultural e da liberdade de expressão. Coorganizado com a Câmara Municipal de Lisboa, tem a curadoria de Alexandre Farto aka Vhils e da plataforma Underdogs.

Foto: @festivaliminente

Este ano, a aventura será ainda maior: o festival passa a estender-se por quatro dias e contará com mais de 100 artistas de 11 nacionalidades espalhados por cinco palcos. E na programação cabem músicos, artistas visuais, ativistas, performers, bailarinos, agitadores culturais e todos os que contribuem para a cultura urbana do presente, na Lisboa do século XXI. Há ainda uma clara aposta na dimensão da lusofonia, temática que tem vincando o festival desde a sua fundação em 2016.

Na música, o maior destaque é o concerto de Common, rapper norte-americano que pisará os palcos portugueses pela primeira vez nesta 4ª edição do Iminente. Mas há ainda espaço para muitas estrelas emergentes e vários músicos consagrados: os portugueses Dealema, o projeto Classe Crua (parceria de Sam the Kid com Beware Jack), os cabo-verdianos Bulimundo, a talentosa Mayra Andrade, a brasileira Linn da Quebrada ou a dupla de sucesso Beatbombers, que junta DJ Ride a Stereossauro, são alguns dos nomes que vais encontrar em cima do palco.

Foto: @festivaliminente

As artes visuais continuam a ser um dos pontos focais do festival e, este ano, alguns dos artistas nacionais mais talentosos vão deixar a sua marca no Panorâmico. AkaCorleone, Maria Imaginário, Vhils, ±MaisMenos± ou o Colectivo RUA são alguns exemplos.

Outra das novidades desta edição são os debates, com curadoria das plataformas Gerador e Fumaça. Vão discutir-se temáticas atuais e pertinentes relacionadas com os jovens e a cultura, o tratamento do VHI, o direito à habitação ou o colonialismo.

Publicidade

Foto: @festivaliminente

À semelhança do ano passado, o acesso é vedado a automóveis já que tudo acontece em pleno Parque Florestal de Monsanto. Mas serão disponibilizados shuttles gratuitos, numa parceria com a Carris, a partir de Sete Rios e do Polo Universitário da Ajuda.

Os bilhetes vão ser postos à venda dia 02 de setembro às 16h00, com o valor diário de 15€ — mas fiquem atentos, só há 5.000 bilhetes disponíveis para cada dia! Nós já metemos o alarme no telemóvel…

Foto: @festivaliminente

Foto de capa: @festivaliminente