×

TIPO EM SUA PESQUISA E PRESSIONE ENTER

Carregando...
O Que Fazer

A Lisboa do Passado e do Presente: Animatógrafo do Rossio

Da cidade de outrora aos nossos tempos numa só fotografia

Nelson Rodrigues Nelson Rodrigues

A Lisboa do Passado e do Presente: Animatógrafo do Rossio

Lisboa cresceu, mas continua diferente, cosmopolita, genuína e tradicional, como se o tempo não tivesse passado por ela.

Mas o que é que mudou realmente? Fomos à procura da resposta e saímos à rua de máquina fotográfica em punho com um objetivo em mente: comparar o antes e o depois, como se o passado e o presente ficassem congelados numa só imagem.

Vem daí connosco numa viagem pelo tempo desde o início do século XX até ao ano de 2019. A próxima paragem é o Animatógrafo do Rossio, na Rua dos Sapateiros.

Poucos locais em Lisboa mudaram tanto de vida como este. O que começou por ser o salão de cinema mais luxoso de Lisboa, tornou-se depois numa sala de teatro infantil e hoje é… uma casa de peep shows.

Mas, se por dentro nada é como antes, na fachada muita coisa continua igual. Mais de um século depois, o 225-229 da Rua dos Sapateiros continua a não deixar ninguém indiferente.

Desde o ano da sua fundação, em 1907, que o Animatógrafo do Rossio chama a atenção pelos seus elementos de Arte Nova, pintados a verde, que emolduram os três vãos da fachada.

Publicidade

Mais discretos, mas igualmente bonitos são os painéis de azulejos dedicados ao tema da luz elétrica, com duas figuras femininas a segurarem candeeiros.

Desde 1994 que este edifício classificado como Conjunto de Interesse Público exibe peep shows, espetáculos de striptease e filmes pornográficos. Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades…

Foto antiga (captada em 1907)

Foto: Artur João Machado Goulard, in AML; lisboadeantigamente.blogspot.com

Foto atual (captada em 2019)

Foto: @Ringo Giacobelis

Montagem fotográfica: Ringo Giacobelis