×

TIPO EM SUA PESQUISA E PRESSIONE ENTER

Carregando...
Gastronomia

5 bares incríveis que tens de (re)visitar em 2019

O melhor do ano passado numa mão cheia de spots imperdíveis

Nelson Rodrigues Nelson Rodrigues

5 bares incríveis que tens de (re)visitar em 2019

2018 foi um ano de grandes colheitas em Lisboa! Não estamos a falar da pinga, mas mais propriamente dos bares que as servem. E que bares! Dos mais exclusivos aos mais descontraídos, os novos spots da cidade trouxeram bebidas de seleção, cocktails surpreendentes, música da boa e petiscos a acompanhar.

Ora vê o nosso roteiro e tira já este fim de semana para correr todas as capelinhas. Ou melhor, templos! Porque seguidores não vão faltar a estes 5 bares.

Montecristo Caffé lounge

Entrecampos passou a fazer parte do roteiro do luxo em Lisboa desde que este bar abriu portas no número 74 da Avenida da República, junto à antiga Feira Popular. Inaugurado em dezembro de 2018, o MonteCristo Caffé Lounge trouxe um toque de requinte a esta zona da cidade, talvez inspirado na cosmopolita Genebra (Suíça), onde mora o proprietário, Marco António.

Além da decoração clássica, em tons de preto e dourado, a exclusividade da casa passa, sobretudo, pela carta de bebidas e petiscos. Entre as primeiras, destacam-se os cocktails artesanais, assinados por Vítor Rodrigues, mas também a seletiva oferta de vinhos nacionais, champanhes franceses (como Dom Perignon e Armand de Brignac), runs, mezcais e até whiskies japoneses.

Quanto aos petiscos, há tábuas de queijos, mas a estrela do MonteCristo é mesmo a oferta de presuntos Cinco Jotas, uma das mais famosas do mundo.

Ficaste cheio de vontade em conhecer este bar? Garante aqui o teu lugar e vai experimentar os melhores cocktails e presuntos.

Morada: Avenida da República, 74 (Entrecampos)

Foto: @montecristoclublisboa

Bacchanal

Bares é coisa que não falta na zona do Cais do Sodré, mas este trouxe algo de especial e diferenciador. A lista de argumentos começa pelo espaço, situado numa antiga drogaria centenária, há muito fechada. Os atuais proprietários recuperaram o charme da anterior casa, ao manterem os expositores (agora cheios de garrafas), o chão e o balcão original, mas também lhe acrescentaram algum mobiliário vintage que tornou o ambiente ainda mais acolhedor.

No Bacchanal, vais encontrar vinhos de todas as castas e origens, além de inúmeros cocktails de autor, que já ganharam fama.

Queres saber porquê? Clica aqui e descobre.

Entre os petiscos, vais encontrar sandes, tábuas de queijos ou presunto e canoas de enchidos.

Morada: Rua do Corpo Santo, 28 (Cais do Sodré)

Foto: Bacchanal

Toca da Raposa

O número 45 da Rua da Condessa (Chiado) serve de morada ao Toca da Raposa, um projeto da barmaid Constança Cordeiro, que regressou a Lisboa depois de três anos em Londres a aprender os segredos da mixologia. E valeu bem a pena, dizemos nós, que adoramos cada um dos 10 cocktails da casa, todos com nomes de animais, como O Cavalo, A Cegonha ou A Raposa.

Para acompanhar, há alguns petiscos vegetarianos, criados por António Galapito, chef do restaurante Prado.

Publicidade

Tal como as bebidas de autor, também a decoração foi pensada ao detalhe, num misto de vanguarda e minimalismo. Um espaço trendy e com bom gosto para conheceres a dois passos do Largo do Carmo. Ah! e às sextas-feiras a Toca da Raposa tem happy hour com cocktails a 5€

Morada: Rua da Condessa, 45 (Chiado)

Toca da Raposa

Frida

Frida Khalo subiu as escadas do El Clandestino e abancou por lá. A artista mexicana serviu de inspiração a este restaurante do Príncipe Real, não só na decoração (onde salta à vista um grande mural que faz sucesso no Instagram), mas também na carta de bebidas, dedicada ao surrealismo das pinturas daquele país.

Por exemplo, o “Viva la Vida!” junta goma de melancia, coentros, pepino, sumo de lima, tequila e palitos de milho azul, enquanto o “Leonora” leva gin, manjericão, pêssego, ananás, lima, bolacha de banana, mezcal e cacau. É claro que não podia faltar um “Khalo”, com lima, maçã, cravinho, coentros e manjericão. Este e outros têm assinatura de Duarte Cardeira.

Por ficar situado na mezzanine do restaurante, também não faltam os petiscos da melhor street food mexicana. Ai caramba!

Morada: Rua da Rosa, 321 (Príncipe Real/Bairro Alto)

Foto: @elclandestinolx

Ferroviário

Uma das boas notícias de 2018 foi a reabertura do Ferroviário. Para muitos, já era um dos melhores rooftops de Lisboa, mas nesta nova vida, o bar de Santa Apolónia está ainda mais sedutor. O terraço de 500 m2 com vistas para o Tejo ganhou um ar tropical, enquanto nos meses de frio passou a ter uma tenda para abrigar os mais friorentos.

O “novo” Ferroviário também oferece uma programação intensa, com festas, concertos (incluindo de jazz) e até espetáculos de stand up comedy. O bar continua a matar a sede de muitos lisboetas, mas também há petiscos (de inspiração sul-americana e não só) para compor o estômago.

Morada: Rua de Santa Apolónia, 59

@Ferroviário

Foto de capa: @montecristoclublisboa