12 curiosidades sobre o Parlamento

As histórias e os segredos da Casa da Democracia

Autêntica casa das sete vidas, que começou por ter origens religiosas e depois converteu-se à política, o Parlamento é muito mais que as duas ou três salas que vimos todos os dias na televisão.

O edifício de São Bento é um mundo desconhecido, por vezes quase labiríntico, cheio de corredores, salas e gabinetes.

Nós já fomos visitar o espaço, tomámos nota de tudo e agora fazemos-te um roteiro por 12 curiosidades que tens mesmo de conhecer:

1. O Parlamento está situado no Palácio de São Bento, um antigo mosteiro beneditino, construído no final do século XVI para acolher os monges negros de Tibães.

2. Depois de extintas as ordens religiosas, em 1883, o edifício tornou-se no Palácio das Cortes, com a Câmara dos Pares e a Câmara de Deputados. Antes de ser Parlamento, também serviu de prisão, hospedaria, sepultura de estranhos, refúgio, depósito de destroços de regimentos militares, academia militar e patriarcal.

Foto: @parlamentocultural

3. A Sala de Sessões só passou a ter a forma de anfiteatro em 1895, depois de um incêndio que a destruiu totalmente. Antes disso, era retangular.

Foto: @ParlamentoCultural

4. No Estado Novo não havia bancada do Governo porque durante a Ditadura o Governo não comparecia no Parlamento.

5. Uma das áreas mais imponentes do edifício é a Escadaria Nobre, construída nos anos 30 do século passado. Esta desemboca em oito portas, todas encimadas por uma escultura representativa de outras tantas cidades: Lisboa, Porto, Braga, Viseu, Bragança, Faro, Évora e Castelo Branco.

Foto: @ParlamentoCultural

6. A antecâmara da Sala de Sessões é a Sala dos Passos Perdidos, um termo utilizado para designar a sala de espera de diversos edifícios (não só o Parlamento). Costuma ser utilizada para entrevistas ou declarações dos deputados.

7. Pelos vários espaços do Parlamento, estão expostas mais de 4.900 peça de arte.

8. O Palácio de São Bento tem várias esculturas de animais. O leão, que simboliza o Poder, a Justiça e a Força, é o mais representado.

9. No local dos antigos dormitórios dos monges que habitavam o palácio São Bento existe hoje uma biblioteca com cerca de 180 mil volumes.

Foto: @ParlamentoCultural

10. Em certas zonas, o Parlamento é quase labiríntico. No total, tem cerca de 75 mil metros quadrados de salas, corredores e galerias.

11. Uma das áreas mais desconhecidas do edifício é o Refeitório dos Monges, situado no piso térreo, junto aos jardins. Hoje é utilizado como Centro de Acolhimento ao Cidadão, onde os visitantes podem ver um vídeo sobre a Assembleia da República e descobrir outras informações sobre o Parlamento.

12.
Nas traseiras do edifício principal existe o Palacete de São Bento, construído em 1877, agora utilizado como residência oficial do primeiro-ministro.

Fonte: O Parlamento (Divisão de Edições da Assembleia da República)

Foto de capa: @parlamento.pt

Tags:

';return t.replace("ID",e)+a}function lazyLoadYoutubeIframe(){var e=document.createElement("iframe"),t="https://www.youtube.com/embed/ID?autoplay=1";t+=0===this.dataset.query.length?'':'&'+this.dataset.query;e.setAttribute("src",t.replace("ID",this.dataset.id)),e.setAttribute("frameborder","0"),e.setAttribute("allowfullscreen","1"),this.parentNode.replaceChild(e,this)}document.addEventListener("DOMContentLoaded",function(){var e,t,a=document.getElementsByClassName("rll-youtube-player");for(t=0;t