3 sítios para comeres boa comida brasileira

Para os fãs de feijoada, picanha e caipirinha!
Por sorte, há muito Brasil em Portugal. Os nossos irmãos presenteiam-nos com a sua música, cultura e com aquela comida tão saborosa que tanto adoramos.

Existem cerca de 81.000 brasileiros a residir legalmente em Portugal, segundo o relatório do SEF de 2016. Mas não precisamos de relatórios para saber que esta é a maior população de imigrantes do país.

Em Lisboa, sente-se o Brasil por todos os lados, não há um só dia em que não escutemos a bossa nova a tocar em algum restaurante. E nós adoramos.

Por falar em restaurante, hoje mostramos-te 3 lugares onde podes comer comida brasileira. Sejas tu um brasileiro que nos lê e está com saudades da comida de casa, ou um português que procura os sabores tropicais, em Lisboa não faltam opções!

1- Restaurante Bossa –  R. do Jasmim 16 – Príncipe Real

O Bossa é uma referência da “comida brazuca” da mais alta qualidade. Aqui, há os clássicos dos clássicos, como a boa feijoada e a picanha (e convenhamos: os brasileiros sabem, e muito bem, preparar uma carne suculenta). Mas no Bossa há, também, uma gastronomia mais contemporânea  que também se inspira noutros países da América Central, por exemplo.

Aqui, os pratos brasileiros são preparados de forma muito criativa, e alguns levam aquela mistura  a que nem sempre estamos habituados, de doce e salgado. Aqui, encontras pratos com ingredientes incríveis como a mandioca, o maracujá, o leite de côco e as misturas improváveis que surpreendem sempre.

Em destaque,  a moqueca de peixe e os dadinhos de tapioca com molho agridoce!

A Picanha à Bossa. Cozida a baixa temperatura, selada em manteiga e acompanha feijão, arroz e farofa.
Moqueca de frutos do mar

2- Fogo de Chão – Av. Elias Garcia 13 e R. Martens Ferrão 28A

Se nunca foste ao Fogo de Chão, prepara-te: este pode ser o dia da tua vida em que vais comer mais.  E dizemos-te ainda: não te vais arrepender nem por um segundo. A única dica é: se puderes ter o dia livre depois de lá saíres, melhor.

A tradição do Fogo de Chão vem do Rio Grande do Sul, o Estado brasileiro que tem mais skill a preparar carne. De fato, tanto as  carnes como tudo o que é servido neste lugar, é delicioso.

No Brasil, os rodízios de comida são muito comuns. É simples: entras, pagas e comes durante as horas que quiseres.  Carne, massa, salada, arroz, feijão, batata e o que mais gostares, há de tudo!

Uma churrascaria a sério tem de ter muitas e muitas opções(algumas até têm sushi.) Aqui, é ao gosto do cliente: come-se com liberdade, quem quiser misturar macarrão com salmão, farofa e picanha, pode. O rodízio é um lugar sem regras e sem limites.

O Fogo de Chão já está em muitas partes do mundo, e nós temos sorte de ter duas sedes em Lisboa. Aproveita para lá passares e provares a caipirinha de verdade. Ai, sabe tão bem!

3- Sabor da Picanha- Rua Bernardo Lima, 66 – Marquês de Pombal

O Sabor da Picanha é uma opção simples e com um bom preço para comeres a comida caseira do Brasil. Aqui, não há aquela preocupação na apresentação dos pratos, ou acrescentar ingredientes “chiques”. Nada disso. É comida brasileira do dia a dia, bem-feita, saborosa, com aquele tempero de alho e cebola que não pode faltar nunca. É bom e é barato!

Se és daqueles que adoram fotografar os pratos, marca-nos com #MinhaLisboaSecreta! E para mais dicas de Lisboa, segue-nos no Instagram.

(Visited 2,928 times, 3 visits today)

Tags:

You May Also Like

As tascas favoritas dos chefs: Alexandre Silva

Onde é que comem os chefs mais famosos quando não estão nos próprios restaurantes? Nós andávamos cheios de ...

Casa Cid: 105 anos de comes e bebes na Ribeira

Peixeiras e saloios, anónimos e famosos, prostitutas e proxenetas, noctívagos e turistas. Desde 1913 que a Casa Cid ...

Mercearia do Médio Oriente abriu esta semana no Mercado de Arroios

Depois do tremendo sucesso do Mezze, restaurante gerido por refugiados do Médio Oriente, o Mercado de Arroios agora ...