O que ver e fazer no Parque das Nações

Roteiro obrigatório do bairro mais moderno da capital

Não é por acaso que a freguesia do Parque das Nações já foi considerada a melhor da Grande Lisboa para se viver. Com tudo à mão, imensas zonas de lazer e, claro, o Tejo ali mesmo ao lado, esta zona da cidade facilmente conquista não só os moradores, mas também os visitantes.

Se estás a pensar dar um passeio até lá, não deixes de ver este guia com 10 spots obrigatórios no bairro.

Ainda te lembras do passaporte com carimbos da Expo 98? Isso é coisa do passado. Agarra no telemóvel, liga-te a nós e (re)descobre o Parque das Nações pelos passos da Lisboa Secreta.

Oceanário de Lisboa

A maior atração do Parque das Nações (e uma das maiores de Lisboa) junta todos os mares num dos mais bonitos aquários da Europa. Com mais de 8.000 organismos de 500 espécies diferentes, é uma experiência única que te leva ao fundo dos oceanos, num passeio entre tubarões, barracudas, raias, peixes tropicais e muitos outros animais incríveis.

Queres ir lá visitá-lo? Compra aqui o teu bilhete.

Foto: @oceanariodelisboa

Torre Vasco da Gama

O edifício mais alto do país (140 metros) foi construído por altura da Expo 98 para servir de miradouro mas, entretanto, ganhou um hotel de cinco estrelas, o Myriad by Sana. A última atração desteedifício é um restaurante panorâmico, o Fifty Seconds, liderado pelo conhecido chef espanhol Martin Berasategui.

Foto: @MYRIADbySANAHotels

Pavilhão de Portugal

A falta de utilização impossibilita uma visita ao interior, mas continua a valer a pena ir até lá, quanto mais não seja para admirar a famosa pala de betão, projetada por Siza Vieira. O Tejo, ali mesmo ao lado, torna o cenário ainda mais bonito.

foto: arena.altice.pt

Pavilhão do Conhecimento

O Centro Ciência Viva da capital é um museu interativo dedicado à ciência e à tecnologia, que recebe inúmeras exposições sobre estas temáticas (e não só). Juntamente com o Oceanário, que fica mesmo em frente, é uma das duas melhores atrações da zona para quem procura um programa em família.

Foto: @pavilhaodoconhecimento

Telecabine Lisboa

Mais de 20 anos depois de entrar em funcionamento, continua a ser conhecida como Teleférico da Expo. Oferece um passeio tranquilo e panorâmico, sempre com o Tejo por companhia, entre o Oceanário e a Torre Vasco da Gama.

Foto: www.telecabinelisboa.pt

Teatro Camões

Também ele construído por altura da Expo 98, acolhe agora a Companhia Nacional de Bailado, que apresenta uma programação dedicada à dança clássica. A localização privilegiada, defronte para o rio, fazem do Teatro Camões uma das salas de espetáculos da capital com melhores vistas.

Foto: www.cnb.pt

Rossio dos Olivais

Entre o Centro Comercial Vasco da Gama e a Altice Arena (antigo Pavilhão Atlântico) é um passeio em direção ao Tejo com um espelho de água e uma bela cortina de choupos. Mas o que mais desperta a atenção continua a ser a fileira de bandeiras, representativas de centenas de países de todo o Mundo.

Foto: www.jf-parquedasnacoes.pt

Jardins Garcia da Horta

Situados na zona ribeirinha, são compostos por vários talhões que representam a botânica exótica e tropical de países ligados aos Descobrimentos portugueses, como Timor, São Tomé ou Brasil.

Foto: www.cm-lisboa.pt

Parque Tejo

Localizado na zona norte do Parque das Nações, ocupa mais de 80 hectares de jardins e relvados junto ao Tejo. Um espaço verde e tranquilo que convida a passeios, atividades desportivas e piqueniques em família.

Foto: www.proap.pt

Edo Sushi

Depois de tanto passeares, é bem provável que te dê a fome. Se gostas de gastronomia oriental, aconselhamos-te o Edo Sushi da Expo, situado na Alameda dos Oceanos, a dois passos da marina.
Com boa relação qualidade/preço, tanto serve propostas mais tradicionais como de fusão.

Já com apetite? Reserva aqui uma mesa para dois.

Foto: www.edosushi.pt

Foto de capa: @MYRIADbySANAHotels

(Visited 1,221 times, 6 visits today)

Tags:

You May Also Like

E se pudesses oferecer… Lisboa?

Chega mais um Dia do Pai e com ele um dos mais difíceis dilemas da humanidade: O que ...

O videomapping grátis regressa ao Terreiro do Paço já este mês

Se há coisa que os lisboetas (e os turistas gostam) é de espetáculos de vídeomapping. Ora, este mês ...

Domingos de jazz no Ferroviário (e a entrada é gratuita)

Ainda não foste ao “novo” Ferroviário? O quê, deixaste passar a noite dos Acústicos Fever? Vá lá, aproveita ...

';return t.replace("ID",e)+a}function lazyLoadYoutubeIframe(){var e=document.createElement("iframe"),t="https://www.youtube.com/embed/ID?autoplay=1";t+=0===this.dataset.query.length?'':'&'+this.dataset.query;e.setAttribute("src",t.replace("ID",this.dataset.id)),e.setAttribute("frameborder","0"),e.setAttribute("allowfullscreen","1"),this.parentNode.replaceChild(e,this)}document.addEventListener("DOMContentLoaded",function(){var e,t,a=document.getElementsByClassName("rll-youtube-player");for(t=0;t