×

TIPO EM SUA PESQUISA E PRESSIONE ENTER

Carregando...
Gastronomia O Que Fazer

O Chefs on Fire está de regresso com 48 horas de fogo, concertos e gastronomia

O único festival de música com comida já incluída no preço acontece nos dias 18 e 19 de setembro

Valter Leandro Valter Leandro - Editor

O Chefs on Fire está de regresso com 48 horas de fogo, concertos e gastronomia

O Chefs on Fire tem concertos intimistas e comida incrível, tudo com um só bilhete e todo o tempo do mundo para aproveitares o melhor da vida. 🔥🥩🍺

Depois da pandemia não permitir que o festival acontecesse no ano passado, foi adiado para 2021 e regressa à FIARTIL, no Estoril, nos dias 18 e 19 de setembro com a mesma receita de sucesso: boa música e boa comida à volta de fogo, servida pelos melhores chefs nacionais.

Estamos a falar, é claro, dos chefs convidados para esta terceira edição, todos com a missão de cozinhar exclusivamente com fogo, numa espécie de regresso às origens, sem pressas, ao melhor estilo do slow living.

Este ano, o Chefs on Fire tem um cartaz 100% nacional, com foco em apoiar directamente a restauração e cultura portuguesas que tanto sofreram com os impactos da pandemia, num evento que reúne no total 14 chefs de renome e 10 bandas ímpares.

Serão 7 chefs diferentes por dia a trazerem-nos pratos exclusivos com os melhores produtos locais.

A acompanhar, só poderíamos ter a melhor música com 5 bandas diferentes por dia, que trarão ao espaço de convívio uma experiência bem harmonizada entre comida e música.

Vais perder a oportunidade de estar presente num evento único, numa experiência inesquecível? Faz a tua reserva já!

O “cartaz” é totalmente nacional

À edição de 2021, no primeiro dia de festival – 18 de setembro – juntam-se os chefs Diogo Noronha (Foodriders), Gil Fernandes (Fortaleza do Guincho), Hugo Candeias (The Artgate; Ofício), MarleneVieira (Zunzum), Miguel Laffan (Hotel Torre de Palma), Rodrigo Castelo (Taberna Ó Balcão) e Telmo Moutinho (Padaria da Esquina), ao som de grandes músicos como Dino Santiago, Legendary Tiger Man, Benjamim, Noiserv e Miramar.

No domingo, dia 19 de setembro os menus ficam a cargo dos chefs Alexandre Silva (Loco, Fogo), António Galapito (Prado), Carlos Afonso (O Frade), Diogo Lopes (Cura), Luís Gaspar (Sala de Corte), Michele Marques (Gadanha) e Vítor Adão (Plano), acompanhados pela melhor música de Clã, Manel Cruz, Samuel Úria, Rita Redshoes e Cais Sodré Funk Connection, a marcar a música deste último dia.

Este festival é também uma oportunidade de ajudares a restauração e a cultura nacional. Não percas o teu lugar!

As experiências no Chefs On Fire

Para a edição de 2021 existem vários tipos de bilhetes, para quem quer usufruir da experiência por completo, e apenas para aqueles que apenas querem sentir como está o ambiente, ao mesmo tempo que comem e se divertem neste espaço:

  • O passe diário de criança (6 aos 12 anos) custa 25€ e inclui a entrada para um dos dias do evento à escolha + 3 doses de comida de chef à escolha + 2 bebidas + 5 concertos
  • O passe diário normal custa 95€ e inclui a entrada para um dos dias do evento à escolha + 10 doses de comida de chef à escolha + 5 bebidas + 5 concertos
  • E o passe de 2 dias tem o preço de 160€ e dá direito à entrada no evento + 10 doses de comida de chef à escolha + 5 bebidas + 5 concertos, por dia

O passe de 2 dias é sem dúvida o que te permite viver esta experiência ao máximo: por dia, inclui 10 doses de comida (chef à escolha), 5 bebidas (cerveja SuperBock Selecção 1927, vinho Trinca Bolotas, água, café) e, claro, acesso a todos os concertos com música ao vivo.

No recinto, haverá também algumas bancas de pequenos produtores, onde poderás comprar (e levar para casa) vários artigos com selo de qualidade garantida.

E tu também vais poder lá estar! Garante aqui o teu lugar.

E porque esta é, igualmente, uma experiência familiar – os miúdos são bem vindos – não faltará sequer um kids corner onde as crianças podem ficar entretidas (e com supervisão) sem que os pais se preocupem.

Apesar do cartaz ter sido reforçado com mais chefs e mais bandas, o número de bilhetes é o mesmo – 1500 – para que o evento continue com a mesma boa onda, sem multidões e filas enormes. No Chefs on Fire há lugar para todos, à volta dos palcos e da fogueira.

Quem disse que os festivais são todos iguais? Este é fogo e… música para o teu estômago. Compra já o teu bilhete!

Chefs On Fire regressa com dois dias em 2020

Fotos por @chefsonfire.pt