Um convento desconhecido às portas do Bairro Alto

O Convento de São Pedro de Alcântara (ainda) é um segredo por revelar

Fica numa das ruas mais movimentadas de Lisboa, mesmo em frente ao famoso miradouro de São Pedro de Alcântara mas, a verdade, é que continua a passar ao lado de muitos turistas e locais.

E tu, quando é que pensas descobrir o Convento de São Pedro de Alcântara? Vai até lá mas, antes, revelamos-te alguns segredos deste tesouro bem guardado.

Ainda não estás a ver onde fica? É um belo e discreto edifício branco (antes era cor de rosa), mesmo na curva da Rua de São Pedro de Alcântara (nº 85), a dois passos do restaurante The Decadente. Sim, esse mesmo! Durante séculos manteve-se (quase) inacessível, mas desde 2014 que está aberto a visitas.

Construído no século XVII, nasceu do voto do 1º Marquês de Marialva em ali fundar um convento, se os portugueses vencessem a batalha de Montes Claros (Guerra da Restauração), em 1665.

Dito e feito! Em 1670, o rei autorizou a instalação no local dos franciscanos capuchos, da província da Arrábida.

A joia deste monumento é a Capela dos Lencastres, construída em 1690 e decorada com mármores de várias cores, ao estilo italiano. Já o teto, ostenta frescos da época do brutesco nacional (século XVII). Outra curiosidade: o altar foi dedicado aos mártires de Lisboa: Veríssimo, Máxima e Júlia.

Foto: Nelson jerónimo Rodrigues

Ao lado, fica a Igreja, esta edificada em 1681, onde saltam à vista os belos altares em talha dourada com temas franciscanos, as pinturas joaninas, os painéis de azulejos e o teto, pintado em trompe l’oeil, pelo pintor francês Pierre Bordes, já em 1878.

Em 1883, o Convento de São Pedro de Alcântara foi entregue à Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, por decreto de D. Pedro.

A instituição abriu-o a visitas, livres e guiadas. As primeiras são totalmente gratuitas e as outras (incluem visita à Sacristia e ao Coro-Alto) custam 2,5€.

Conhece aqui os horários:

Outubro – Março
– Segunda-feira: Das 14h00 às 18h00
– Terça a domingo: Das 10h00 às 18h00

Abril – Setembro
– Segunda-feira: das 14h00 às 19h00
– Terça-feira a quarta-feira: das 10h00 às 19h00
– Quinta-feira: das 10h00 às 20h00
– Sexta-feira a domingo: das 10h00 às 19h00

Visitas guiadas
– Sexta-feira – 11h30 (francês); 15h00 (inglês)
– Sábado – 15h00 e 16h30 (português)

Morada: Rua de São Pedro de Alcântara, 85:
Entrada pelo Rua Luísa Todi, 1 (ao Bairro Alto)

Foto de capa: Nelson Jerónimo Rodrigues/Fever

Tags:

';return t.replace("ID",e)+a}function lazyLoadYoutubeIframe(){var e=document.createElement("iframe"),t="https://www.youtube.com/embed/ID?autoplay=1";t+=0===this.dataset.query.length?'':'&'+this.dataset.query;e.setAttribute("src",t.replace("ID",this.dataset.id)),e.setAttribute("frameborder","0"),e.setAttribute("allowfullscreen","1"),this.parentNode.replaceChild(e,this)}document.addEventListener("DOMContentLoaded",function(){var e,t,a=document.getElementsByClassName("rll-youtube-player");for(t=0;t