O Museu do Traje: um convite para conhecer a história através da moda

Há concertos ao luar e atividades para todos os gostos.

Já deves saber: 18 de Maio é o Dia Internacional dos Museus. Os Museus de Lisboa, e de todo o mundo, vão estar com as portas abertas: a entrada é gratuita, e além das exposições já presentes em cada um dos museus, existem atividades para todos os feitios e vontades: exposições, concertos, visitas guiadas a locais secretos, workshops e muitas surpresas.

O Museu do Traje está instalado no Palácio Angeja-Palmela, no Lumiar, em Lisboa. E para a delícia de quem visita o Palácio, o Museu estende-se até ao Parque Botânico de Monteiro-mor. Fomos até lá para ver as modas e descobrimos muito mais do que estávamos à espera. Há música, teatro, cheiros, luzes e plantas para ver e tocar. E até tem uma exposição virtual em parceria com a Google!

@fernandes.jmf

No Museu do Traje vais encontrar a história dos trajes, das joias e dos brinquedos em Portugal. E porque é que há de nos interessar com que roupa nos vestíamos há uns tempos atrás? Bem, já dizem os poetas e os filósofos que a nossa história passada diz muito de quem podemos vir a ser. Mas o Museu do Traje tem uma proposta ainda mais sedutora e com resultados bem empíricos.

@uniquedesignapartments

E onde nos levam os nossos trajes?

Uma coisa é certa, estamos sempre a mudar de roupa. É porque crescemos, é porque já não gostamos tanto assim daquela cor, é porque vamos à praia, ou porque aquela roupa já deixou de estar na moda. E com essa ideia em mente, o Museu do Traje preparou uma série de propostas para ver os trajes tradicionais com vida e uma série de passeios bem peculiares.

joanofjuly.com

Se quiseres só conhecer os trajes do museu, podes fazer a visita guiada clássica, de sala em sala. Mas também podes aventurar-te numa visita aos subterrâneos do Palácio. Mas há mais: podes fazer visitas desenhadas, para desenhar o que quiseres, como quiseres, com o tempo que precisares. E ainda podes visitar o parque botânico à vontade. Tudo isto, em qualquer altura do ano.

No dia 18 de Maio vais poder ver como se ainda mantêm vivos alguns dos trajes tradicionais portugueses, com uma ligação muito forte com a música. E tudo isso, feito ao luar. Pela noite, pelas 21h30, vai haver um concerto de Serenatas!

O título é o “Grupo de Serenatas – Sinfonias ao Luar”, e já deves imaginar o que aí vem. O programa tem várias tunas, e cada uma delas vai ter uma serenata para oferecer. É uma hora de romance com a lua, com direção e arranjos musicais de Filipe Silva e originais de José Balegas.

Nos dias 18 e 19 de Maio, o Museu do Traje preparou duas visitas ao Parque um pouco mais alternativas. Primeiro, um “Passeio entre Cheiros” para usar o olfato enquanto se descobre o parque e as suas plantas e depois um passeio às escuras, com apenas alguns trilhos do parque iluminados. Durante esses dois dias, vai haver também um concerto da Banda Filarmónica da Academia do Lumiar e uma peça de teatro sobre o “O Corvo” de Edgar Allan Poe.  

E porque os trajes e as modas falam-nos constantemente do futuro, o Museu do Traje, apresenta em parceria com a Google uma exposição virtual: “We Wear Culture”.

@ffw

Numa exposição virtual inédita sobre 3000 anos do mundo da moda, podes fazer viagens virtuais a outras eras, com outros tempos e outras roupas. Com uma curadoria feita em colaboração com especialistas de moda, designers de moda, universidades, museus e ONG’s de todo o mundo.

Os trajes e os costumes de mãos dadas com a Google para viajar e ver o passado, o agora e quem sabe, o futuro.

Museu do Traje

Largo Júlio de Castilho – Lumiar

(Visited 141 times, 1 visits today)

Tags:

You May Also Like

3 presépios que tens de conhecer em Lisboa

Lá em casa ainda fazem o presépio de Natal, com todas as figuras tradicionais e até um pedaço ...

Tribalistas em Portugal: com quantos fados se faz um samba?

“Já sei namorar; já sei beijar de língua; agora só me resta sonhar…” Quantas vezes já cantaste (ou ...

Marvila é uma galeria a céu aberto

Durante um mês, o novo bairro da moda em Lisboa dá-te mais uma boa razão para ires até ...