100% Lisboa: a peça que leva uma cidade inteira ao palco

Espetáculo está na Culturgest entre 1 e 10 de fevereiro

E se Lisboa coubesse toda numa peça de teatro? Pode parecer impossível, mas é mesmo isso que a companhia Rimini Protokoll conseguiu fazer com “100% Lisboa”.

Para isso, pegou nos dados estatísticos da cidade e encenou um mosaico teatral com 100 atores, todos amadores e alfacinhas, em que cada um é uma peça e cada peça representa 1% da capital.

Todos juntos completam os tais 100% de Lisboa, mostrando a diversidade da cidade, seja em idade, género, nacionalidade ou agregado familiar, mas também nas suas opiniões, angustias e alegrias.

Foto: Vera Marmelo/Culturgest

No fundo, a vida real dos lisboetas sobe ao palco na primeira pessoa, dando um rosto aos dados estatísticos.

O processo de casting durou cerca de meio ano (os atores foram escolhidos por outros lisboetas) e levou cada participante a falar de si e da sua Lisboa. Muitos lembraram a luz da cidade e outros o chilrear dos pássaros, os jacarandás na primavera e os cheiros a maresia e a esgotos. Tudo isto, claro, foi recuperado para o espetáculo.

O grupo suíço-alemão Rimini Protokoll já apresentou o mesmo trabalho em mais de 25 cidades, como Porto, Berlim, Londres, Paris, Melbourne ou Tóquio.

Foto: Vera Marmelo/Culturgest

Juntamente com a peça, em cena entre 1 e 10 de fevereiro, a Culturgest também acolhe a exposição 100% Portugal, esta com dados estatísticos sobre o nosso país.

Foto de capa: Vera Marmelo/Culturgest

(Visited 104 times, 1 visits today)

Tags:

You May Also Like

IndieLisboa: 15º Festival Internacional de Cinema Independente

O IndieLisboa tornou-se um dos festivais mais importantes de cinema que Lisboa recebe. Ao longo de 11 dias, ...

Dia da Hospitalidade: 15 horas de concertos, teatro e exposições grátis

Se te falarem em Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, o mais certo é pensares em solidariedade ou, ...

Thug Unicorn, a festa mais bad-ass queer de Lisboa

Pode até parecer só mais uma festa, mas não é. A Thug Unicorn há 6 anos abre espaço ...